O teologo com um formador de opinião perante a sociedade.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2927 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Teológico Quadrangular
CIBELE CRISTINA QUEIROZ DE OLIVEIRA





O TEOLOGO COMO UM FORMADOR DE OPINIÃO PERANTE A SOCIEDADE




Trabalho apresentado a disciplina
Introdução a Teologia do curso livre
em Teologia, Instituto Teologico
Quadrangular, como requisito parcialPara conclusão da disciplina.




HORTOLANDIA
2012
Resumo
Esse trabalho trata de definir teologia , como teologia e ciência se relacionam, quais traços da ciência a teologia adotou e a teologia contemporânea.
Nele vamos ver submissão da ciência à teologia, surgimento dos conflitos, solução intermédia da harmonizaçãoapologética, o momento da ruptura: positivismo da ciência, traços da Ciencia na teologia, criticidade, dinamicidae, sitematicidade, vamos abordar com mais detalhes as teologias contemporâneas como ateologia da esperaça, teologia do mito, a teologia do cristianismo sem religião, a teologia do evolucionista.
A teologia é muito mais que falar sobre Deus ou conhecer a Deus, e o saber a partir de Deus. Nãohaveria teologia se Deus não se revelasse a nós, ou não haveria nenhum conhecimento se o homem não se dispusesse ouvir a a crê nas coisas celestiais.
A influencia da teologia nos dias de hoje é muito forte, pois quanto mais o ser humano sabe sobre as coisas de Deus mais ele se cncientiza que terá que prestar contas de suas atos, por esse razão a bíblia nos alerta em buscar o saber pois ele nosele ao viver em santidade.














1. DEFININDO TEOLOGIA

A Igreja, infelizmente, criou medo do termo teologia. As pessoas acham, erroneamente, que teologia divide a Igreja, e que esse tipo de conhecimento acaba esfriando as pessoas. Mas a verdade é justamente o oposto. A verdadeira teologia aproxima as pessoas de Deus, gera nelas o temor do Senhor e as leva a obedecerem aPalavra de Deus. Quando há qualquer divisão o problema não está na teologia, mas na nossa ignorância em relação a ela.
O termo teologia é a junção de duas outras palavras: theos (Deus) e logia (estudo). Teologia refere-se, portanto, ao estudo de Deus. E num sentido mais amplo, pode incluir todas as outras doutrinas reveladas na Escritura. O tema e o conteúdo da teologia é a revelação de Deus. Ateologia procura entender e articular, de uma maneira sistemática, as informações por Ele reveladas a nós.

Estudar teologia é conhecer a Deus: o seu caráter, a sua vontade, e a relação que Ele mantém com suas criaturas. E esse é o conhecimento em que as pessoas podem se gloriar: Jeremias 9.23-24 diz:
Assim diz o SENHOR: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem o forte, na sua força, nem orico, nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR e faço misericórdia, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR.

A teologia se interessa pelo estudo da Palavra de Deus ou a formulação sistemática das doutrinas da Bíblia. Uma das razões para se estudar teologia é o valor inerente do conhecimento de Deus. Não épor acaso que Davi diz: “Amo os teus mandamentos mais do que o ouro, mais do que o ouro refinado” (Salmo 119.127). E, visto que Deus se revelou mais claramente através da Escritura, conhecer a Escritura é conhecê-Lo. Teologia é, portando, o conhecimento de Deus e das relações entre Deus e o universo.



2. Teologia como ciência
A teologia e as ciências são realidades históricas. Sua relaçãodepende fundamentalmente do conceito que se tem de ciência e de teologia nos diferentes momentos da história. Varia, portanto, segundo se desenvolve a consciência humana e se modificam as condições sociais, cosmovisões, ideologias, interesses, em que tal relação se situa.

a. Submissão da ciência à teologia
Teologia e ciência viveram longa lua-de-mel ou, mais exatamente, matrimônio patriarcal...
tracking img