O processo da autocracia burguesa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3013 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Ana Cláudia Rodrigues Dorilêo,
Ana Paula Rodrigues Dorilêo,
Ana Paula Lima Verde da Silva,
Antonia Quintino Gusmão,
Edna da Silva Amorim,
Edna Roberto da Silva,
Elaine Cristina Gonçalves Arruda,
José Victor Belém de Jesus,
Marilandia da Silva Nunes Jorge,
Neide da Silva Amorim e
Temis Beatriz Martins.

ENESSO

UNIC – BARÃO
CUIABÁ - 2010
Ana Cláudia Rodrigues Dorilêo,
Ana PaulaRodrigues Dorilêo,
Ana Paula Lima Verde da Silva,
Antonia Quintino Gusmão,
Edna da Silva Amorim,
Edna Roberto da Silva,
Elaine Cristina Gonçalves Arruda,
José Victor Belém de Jesus,
Marilandia da Silva Nunes Jorge,
Neide da Silva Amorim e
Temis Beatriz Martins.

Disciplina: Introdução ao Serviço Social

Professora: Inara Koga Takahara

Índice/Sumário

Histórico da Construção daOrganização dos Estudantes de Serviço Social....................2

Estatuto da ENESSO.........................................................................................................4

Deliberações da ENESSO.................................................................................................7Referencias........................................................................................................................9

História
        No Brasil desde o período colonial, podemos observar a participação dos estudantes na política do país, mesmo não possuindo um caráter organizado que só aconteceria no século XX, especificamente em 1937 com a criação da União Nacional de Estudantes (UNE). A primeira manifestação estudantil no Brasil é datada de 1710 com aexpulsão dos franceses no Rio de Janeiro. A conjuntura política do Brasil Império contribuiu com o avanço político dos estudantes com a vinda da família Real, tornando o Brasil o centro das decisões políticas. O governo imperial toma várias providências, entre elas a criação de Universidades que formariam a geração política do Império e da Primeira República.
Foi com a criação da UNE em 1937 que oMovimento Estudantil Brasileiro atingiu a maturidade deixando de tratar problemas específicos e regionais, atuando de forma mais ampla, fortalecendo-se e unificando suas lutas a nível nacional em busca da democracia. No decorrer dos anos a UNE vai traçando uma história de luta e manifestações, porém esta trajetória é interrompida com o Golpe de 1964, começa neste período uma repressão violentíssimaa tudo e a todos que questionassem a ordem vigente. Então com a justificativa da “manutenção da ordem” os militares fecham a UNE, porém antes mesmo disso ela já havia sido incendiada, é instituído o AI-5, o movimento estudantil entra na clandestinidade, muitos são torturados, exilados e até mesmo assassinados, tudo em nome da “Ordem e Progresso”.
                Com o passar dos anos a ditadurainstaurada começa a perecer, as pressões são muitas para que haja uma abertura política e que voltemos a ser uma democracia. Em meio a este processo no ano de 1979 é reconstruída a UNE, observam-se grandes greves, os funcionários públicos, metalúrgicos, a luta pela posse da terra.
È neste contexto que será realizado o I Encontro Nacional de Estudantes de Serviço Social – ENESS, nacidade de Londrina –PR no ano de 1978, promovido pelo Centro Acadêmico (C.A) da Universidade Estadual de Londrina – UEL. È a partir deste encontro que se inaugura à possibilidade de unificar-se as lutas, de debater a profissão, a universidade etc. O referido evento contou com a participação de 24 escolas e teve como tema: “ O Serviço Social e a Realidade Brasileira”, foi também a partir desteevento que se verificou a eminência de discutir a formação profissional, mais diretamente a reformulação do currículo do curso de Serviço Social. “ Nasce a comissão nacional para discussão e encaminhamentos do currículo e para organização do II ENESS. Em uma reunião realizada na UFRJ em maio de 1979, a comissão discutiu e definiu uma forma de organização mais consistente para o movimento. O Brasil...
tracking img