O prazer de bem servir

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Não podemos falar sobre o prazer de servir, sem antes tentarmos entender um pouco mais a fundo sobre o que é servir.
Com base nesta introdução, gostaria de convidar a todos para uma reflexão a respeito do ato de servir dentro das nossas vidas e principalmente dentro do contexto do profissional hoteleiro.
Não falarei hoje sob o ponto de vista do hospede, do cliente, da importância do serviçohoteleiro para quem usufrui deste – quero aproveitar esta oportunidade para focar o tema deste assunto sob o ponto de vista dos profissionais hoteleiros, dos colaboradores que diariamente suam a camisa para entregar a estes clientes um serviço de qualidade.
No contexto atual, estamos habituados a ouvir sobre a importância de entregarmos aos clientes e hospedes a melhor qualidade possível em nossosserviços – estamos diariamente sendo bombardeados com informações sobre a concorrência acirrada, sobre os diferenciais de serviços prestados e naturalmente desenvolvemos uma ansiedade para nos igualarmos e superarmos cada vez mais os limites na busca da qualidade, da excelência. Mas, como atingir metas tão ousadas nos preocupando primordialmente com nossos hospedes e clientes ? Deixaremos de ladohoje os aspectos mercadológicos e marketeiros para tratarmos da essência do trabalho da hotelaria.
As palavras servo, servir, servidão, serviçal são utilizadas desde que o mundo é mundo para expressar conceitos e pré conceitos sobre a superioridade e inferioridade das pessoas – vejamos um conceito simples, relacionado a estas palavras
Assim, relacionando o tema com a profissão hoteleira, que ébaseada tão somente na prestação de serviços, encontramos aqui o nosso primeiro desafio – identificarmos o profissional hoteleiro com vocação para servir – listei aqui as principais características deste profissional – são características de perfil comportamental, que nada tem a ver com habilidades técnicas, conhecimento, MBA, etc ... não podemos esquecer que as habilidades técnicas sãoimportantíssimas para a estrutura de uma carreira solida e longa na área – contudo, quero focar hoje exclusivamente as habilidades que seguem:
Amar o que faz – em uma profissão escolhida para lidar com pessoas para o resto da vida, não dá para se desenvolver se não se ama o que faz - há que ser uma vocação.
. Gostar de servir – como vimos anteriormente, o tema servir esta ligado a preconceitos ate aatualidade – assim, o profissional hoteleiro tem que ter consciência da sua opção por servir, entendendo que escolheu uma vocação nobre e de doação, antes de mais nada – sem isso, não haverá prazer em servir, mas tão somente uma moeda de troca (trabalho x salário) – sentir-se bem e realizado em servir é essencial para o sucesso da carreira hoteleira
. Ser disponível – não significa terdisponibilidade de tempo tão somente – sempre que um profissional hoteleiro busca uma oportunidade de trabalho, é condição essencial que tenha disponibilidade de horário e flexibilidade de tempo – mas, não é disso que trato aqui – ser disponível não é “estar” disponível – ser disponível deve ser inato a um bom profissional hoteleiro – deve ser uma condição natural deste profissional
. Preocupar-severdadeiramente com o bem estar alheio – é ter a capacidade de praticar a empatia com os demais – se colocar no lugar do outro, enxergar e sentir o que o outro sente (vale para o cliente, para o colega, para o chefe ou subordinado) – é sentir-se bem com o bem estar do outro – sentir em prazer em deixar um quarto limpo e bem organizado para ser usado pelo hospede, sentir prazer em ver o cliente degustar oprato preparado com carinho. Sentir-se realizado em ver o prazer alheio.
. Ter vontade de ajudar – é inerente ao profissional hoteleiro – mesmo que não possua a capacitação técnica para resolver o assunto, demonstrar interesse, não sossegar ate resolver o problema ... se responsabilizar, pegar para si o desafio de ajudar o cliente, o colega, etc ....

COMO O ATENDIMENTO INTERNO REFLETE A...
tracking img