O pastor no contexto teologico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5297 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FATAB:FACULDADE DE TEOLOGIA AVIVAMENTO BIBLICO
ALUNO:DANIEL BORBA GONÇALVES
DISCIPLINA:EXEGESE
PROFESSOR:JULIO ZABATIERO
COORDENADORES: Pr ELMER MENDES BARBOSA E PATRICIA DE OLIVIERA
PLANO DE LEITURA DO LIVRO:”MANUAL DE EXEGESE’’

INTRODUÇÃO:
Procurando ler,estudar,refletir e ao mesmo tempo entender esse excelente manual de exegese do nosso professor Julio Zabatiero,estarei relatandopontos que considerei importantíssimo.
Semanalmente,professores e professores de exegese e teologia bíblica ensinam a interpretar à Bíblia,seguindo padrões acadêmicas precisos,visando a formar mais pregadoras e pregadores e,quem, sabe,mais intelectuais da Teologia.
Sobre o porque da Bíblia ser um livro diferente: Na minha avaliação e reflexão e
em meio a tantas opiniões divergentes, énecessário examinar a origem do livro que serve de fundamento para o cristianismo. Os profetas bíblicos afirmavam possuir um conhecimento real sobre o Deus infinito. Eles estavam absolutamente certos de que Deus falava por meio deles. Os profetas diziam que Deus faz afirmações dignas de confiança. Ele é capaz de predizer o futuro, e é isso que O torna diferente dos falsos “deuses”: “Eu sou oSenhor; este é o Meu nome! Não darei a outro a Minha glória nem a imagens o Meu louvor. Vejam! As profecias antigas aconteceram, e novas Eu anuncio; antes de surgirem, Eu as declaro a vocês” (Is 42:8, 9).Outra peculiaridade dos livros bíblico em relação às nossas práticas de escrever livros é que boa parte deles não foi escrita pela mesma pessoa,nem num curto período.
Outra,fator importante émencionado sobre o livro ddo Novo Testamento que não é nem livro,nem carta,nem sermão:à espístola(carta) aos Hebreus.
Porque o caminho aqui proposto é diferente.
Segundo o professor Julio Zabatiero,Resumindo e simplificando quase ao extremo,as práticas de exegese da Bíblia mais comuns nos últimos duzentos anos são:
1.Leituras devocionais dos mais variados tipos.
2.Leituras homiléticas dos maisvariados tipos.
3.Leituras técnicas ou acadêmicas,principalmente as históricas(exegese históricas e exegese gramatical),as mais antigas e mais comumente praticadas nos ambiente acadêmico,mas também as sociológicas,as antropológicas.
Também,destaco a forma da leitura Sêmio-Discursiva Centrada na Ação,buscando uma teoria semiótica e discursiva.A fonte teórica desta proposta de duas vertentes dopensamento contemporâneo,a semiótica e a discursiva.Ambas são teorias da ação e do sentido,por isso adequadas para o caminho de leitura aqui proposto.Podemos dizer que existe duas escolas de pensamento são a inspiração principal para a teoria da leitura sêmio-discursiva centrada na ação:a) a semiótica greimasiana,que se especializou na compreensão e explicação de como se produz e se interpreta osentido de texto :e b) a teoria da ação comunicativa de Hebermas que se especializou na compreensão e explicação de como funciona a sociedade.Ainda existe um método centrado na ação e composto por ciclos.
A eficácia do método depende da pessoa que o utiliza.
01)VERIFICANDO ANÁLISE DO PLANO DE EXPRESSÃO.
Um dos hábitos de leitura da Bíblia,compartilhada pelas leituras devocionais eacadêmicas,é o de selecionar pequenos trechos para a interpretação.Na linguagem não-técnica,chamamos esses trechos de passagens,que usamos para meditar,preparar estudo bíblicos,sermões,homilias etc.Na linguagem técnica,esse pequenos trechos são chamados períopes (literalmente,”cortado ao redor””),usadas para a organização dos comentários exegéticos,intendendo uma períopes é,assim,um pequeno trechobíblico usado para o estudo é a comunicação da Bíblia.Em alguns casos,como em Salmos,vários deles são uma períope.
A datação de livros bíblicos não é um processo “exato”.As datas sugeridas pelos estudiosos,na maior parte ,são aproximações.A teoria sêmio-discursiva não fornece resposta ao primeiro tipo pois jamais se ocupou com essas indagações.A argumentação é um procedimento idêntico ao da...
tracking img