Autoatividade Teologia Pastoral ITQ

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1364 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de fevereiro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO TEOLOGICO QUADRANGULAR
TEOLOGIA PASTORAL
AUTOATIVIDADE DO CAPITULO 1

MARCOS ANTONIO DE MORAES SILVA EAD

1. Por que as palavras “pastor”, “bispo” e “presbítero” não são consideradas, para a teologia pastoral, como as observamos nas estruturas de nossas denominações modernas?
R: Em termos gerais essas palavras tem o mesmo significado bíblico, entretanto foram adotadasnas igrejas neotestamentarias com o objetivo de hierarquização.

2. Que relação há entre o ofício pastoral e a tarefa da igreja de cristo?
R: O ofício pastoral tem, por finalidade, conduzir a igreja na tarefa da adoração coletiva, da evangelização do mundo e da edificação e da comunhão dos crentes.

3. Quais devem ser as principais disposições do postulante as ministério pastoral?
R: Nãoaspirá-lo tendo em vista vantagem financeira, posição de ascendência sobre os demais ou simplesmente status social.

4. Que virtudes se fazem capitais no caráter do aspirante as pastorado cristão?
R: Amar a Deus e ao próximo, humildade, altruísmo e diligência.

5. No que consiste fundamentalmente o trabalho pastoral?
R: Deve ser um líder cristão, imitador de Cristo, alguém em quem a igrejapossa se espelhar.

INSTITUTO TEOLOGICO QUADRANGULAR
TEOLOGIA PASTORAL
AUTOATIVIDADE DO CAPITULO 2

1. Por que os filhos de Ceva fracassaram na tentativa de expulsar um demônio?
R: Eles não apresentavam condição espiritual que os qualificavam para a realização do trabalho, o que é indispensável para o ministério.

2. Por que o batismo como Espírito Santo se faz necessário para o exercíciodo Pastorado Cristão?
R: O batismo como o Espírito santo, é uma ordenança de Jesus Cristo, para que o ministro possa estar revestido, lhe dando condições e capacitando ao sobrenatural.

3. Que qualidade condensa as virtudes relacionadas por Paulo como qualificações para o episcopado?
R: O postulante ao ministério, segundo o apostolo Paulo, deve ser “irrepreensível”, tanto na condição moralcomo social.

4. Segundo Pedro, qual seria a Motivação por trás do exercício fraudulento do ministério?
R: II Pedro 1:4, relata acerca das promessas destinadas àqueles que são participantes da natureza divina, ou seja, conduzindo o ministério, mas para isso devem ter escapado da “Corrupção”.
5. Que sentimento o diabo poderia despertar no novato se alcançasse precocemente o ministério?
R: Omotivo da preocupação é que o diabo viesse a dispor de obreiros tomados de vaidade pela ausência das qualificações essenciais para o ministério, onde algumas adquire-se com a experiência na caminhada espiritual.


INSTITUTO TEOLOGICO QUADRANGULAR
TEOLOGIA PASTORAL
AUTOATIVIDADE DO CAPITULO 3

1. O que você entende por “chamado”?
R: É a convocação de Deus para o exercício de um determinadoministério.

2. Que fatores devem ser levados em conta na seleção de um postulante ao ministério?
R: O desejo pelo ministério, aptidão, integridade moral e a posse de dons.

3. Assinale a alternativa correta:

3.1 Liderança, didática e capacidade pastorais e administrativas constituem fatores relevantes
a. ( ) do desejo pelo ministério
b. ( X) da aptidão
c. ( ) da ética
d. ( ) da vocação3.2 A vivencia cristã tem como padrão moral
a. ( ) a teologia pastoral
b. ( ) a lei
c. ( X) o modo de ser de cristo
d. ( ) a ética das epistolas pastorais

3.3 Antes de um vocacionado chegar à condição de pastor terá que mostrar habilidade
a. (X) em outras áreas da piedade cristã
b. ( ) na arte do aconselhamento
c. ( ) na interpretação das escrituras
d. ( ) na exortação

3.4A ordenação é um rito
a. ( ) que dá ao postulante a formação necessária para o pastorado
b. ( ) que confirma a capacidade espiritual para pregar
c. ( ) que consagra e santifica o líder cristão
d. (X)que confirma o chamado de Deus às pessoas que são efetivadas no ofício do pastorado cristão.






INSTITUTO TEOLOGICO QUADRANGULAR
TEOLOGIA PASTORAL
AUTOATIVIDADE DO CAPITULO 4

1....
tracking img