O manifesto do partido comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1367 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. O Manifesto do Partido Comunista. Porto Alegre: L&PM, 2001.

Resenha:
O Manifesto do Partido Comunista

Dos autores: O alemão Karl Heinrich Marx nasceu em 05 de maio de 1818, determinado em buscar a mudança, pois para ele a realidade estava em conflito com a justiça, suas pesquisas buscaram uma distribuição derenda igualitária, em que todos fossem beneficiados, admirava os pensamentos de Hegel, percorreu e estudou Filosofia, Direito além de História em Berlim e Bonn, por suas idéias um grande revolucionário socialista se tornou.
Friedrich Engels influente filósofo, nascido na Alemanha em 28 de novembro de 1920, uma pessoa ímpar, em contato com as péssimas condições dos trabalhadores tornou-se percussor ecriador do socialismo cientifico, o marxismo, aquém corajoso critico do capitalismo dominante. Companheiro de Marx possibilitou que seus projetos tivessem sucesso.
O Manifesto do Partido Comunista é um livro que proporcionou o despertar de idéias, mostrou ao mundo, ou apenas aos interessados a busca de um avanço que todos mereciam, é com certeza uma verdadeira liberdade de opinião e a igualdadeacima de tudo, enfatizando no trabalhador e dando a este o seu merecido mérito de importância, assim, o ideal contido nas palavras deste livro levou a uma busca sem precedentes, dos dominados acima dos dominadores que detém do maior capital, mudando a história, abrindo novos rumos, impactando as novas mentes, uma verdadeira guerra, mesmo que não com todas as batalhas ganhas, assim aos olhos detodos, a real força do Capitalismo em sua boa essência.
Em época, e principalmente na Europa, aos panos que decorria, os líderes tremiam frente ao poder do Comunismo, tanto que era o momento ideal dos pertencentes e defensores disto virem à tona e buscarem reconhecimento e liderança, estes foram à Londres em 1847 onde se reuniram.
Foi posto então a Marx e Engels que fossem os formadores eelaboradores do próprio Manifesto, que foi forjado na realidade, sem medo como das mãos de verdadeiros revolucionários, tal se tornou muito convincente pelo que continha de provações de cada afirmação, foi a chave para a mudança do mundo, como era visto e vivido até então. Inicialmente notamos que se posicionava como impondo a presença e participação de todos, primeiramente com um pequeno grupo ao poderjunto com os burgueses, assim todos cresciam juntos, tanto que o principal enfoque é a diferença de classes, e o quanto de poder uma exerce sobre a outra, destacam comandantes de propriedades rurais os latifundiários, além dos donos e pequenos comerciantes, os proprietários e por fim os burgueses, estes tendo o maior domínio sobre os trabalhadores e camponeses que apenas detinham sua força a tersua renda, paga pelo primeiro grupo, eram oprimidos, uma vez nesta circunstância, ocorre a luta entre tais classes, desta forma todos os conflitos se condicionam principalmente por motivos econômicos de quem tem mais contra quem quer mais. Tanto assim, se torna inevitável que quem detém da maior economia quer mais, e entra em conflito, tentando manter seu domínio sobre quem trabalha e busca aprosperidade. Muitas vezes tais conflitos acabam trazendo a evolução, em muitos casos suas conseqüências são boas ao mundo em geral. Assim o Manifesto traz a realidade e de modo inovador conta e convence que os trabalhadores, proletários, podem ser donos do seu próprio destino, podem confeccionar tal, da maneira que preferirem, são livres e iguais.
Por tanta mudança o comunismo passou a ser visto comouma das grandes forças políticas, como a mais honesta até então, mostrando a todos claramente como governa.
Destaca-se assim a comparação entre o antigo sistema de produção agropecuário predominante no setor rural, contra os novos meios, e as fábricas prendendo claramente os trabalhadores pelo seu salário padrão. O que não se modifica muito do conflito de trabalhadores proletários contra a...
tracking img