O interpreter de libras e a inclusão de alunos com surdez: avanços e desafios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5028 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O INTERPRETE DE LIBRAS E A INCLUSÃO ESCOLAR DE ALUNOS COM SURDEZ: AVANÇOS E DESAFIOS
KÁTIA ANE SANTOS DE JESUS*
Orientadora: RAQUEL DA SILVA GOMES**
RESUMO
Este artigo é resultado de uma pesquisa realizada no período de setembro à outubro de 2011, como
conclusão de curso de especialização em técnicas de tradução e inter pretação em libras, tem como objetivo básico
analisar como tem ocorridoa melhoria do ensino- aprendizagem de alunos surdos, na rede estadual de ensino, os
avanços obtidos e os desafios a serem superados. Utilizou-se como método a pesquisa de campo com abordagem
qualitativa, a partir da aplicação de questionários com questões abertas e fechadas para um grupo de professores e
coordenadores, que neste ano letivo trabalharam diretamente com alunos surdo, de umaescola no distrito de
Icoaraci-Belém-Pa. As informações obtidas foram processadas em programa excel e as respostas dos participantes
analisadas. Os resultados demonstram que houveram avanços através de leis que foram criadas, bem como a
profissão de interprete de LIBRAS e a implantação da LIBRAS, nos currículos das graduações em licenciatur a e
projetos pedagógicos implantados, no entanto apresença do interprete educacional é necessária para êxito do
processo ensino- aprendizagem, esse é um desafio a ser superado.
Palavras-chave: Interprete, Inclusão, Surdez

T HE INTERPRETER OF LIBRAS AND SCHOLAR INCLUSION DEAF PUPIL: ADVANCE AND CHALLENGE
ABSTRACT

This article is the result of a survey conducted from September to October 2011, as the conclusion of the
specialization courseintechnical translation and interpretation in sign to deaf and dumb, has the basic
goal has been to analyze how to improve teaching and learning of deaf students, in state schools, the advance
obtained and the challenge to be overcome. Was used as a field research method with qualitative approach, based
on questionnaires with open and closed questions to agroup of teachers and coordinators, what inthe school year of
2011 to worked direct with deaf pupil, in one school district Icoaraci - Belém city – Pará State. The information
obtained were to bill of exchange excel and the answer of participant to analyse, The results show that there
were advances through laws that were created, the creation of the occupation of LIBRAS interpret and the introduce
LIBRAS at curriculum of graduation andimplemented educational projects, however the presence of an interpreter is
needed for educational success of the teaching-learning process, this is a challenge to be overcome.

Key Words: Interpret; Inclusion; Deafness

1- INTRODUÇÃO
O paradigma da inclusão tem como meta criar uma sociedade capaz de acolher todas as pessoas,
independente de suas diferenças e necessidades.
No caso daspessoas com surdez, a elas cabe enfrentar desafios inusitados e permanentes. As
especificidades da surdez não significam obstáculos para i ntegração na comunidade ouvinte, ao contrário a
aceitação da diferença favorece a inclusão, pois essa deve ocorrer de forma que a sociedade reconheça nos surdos
a mesma capacidade de comunicação linguística e a mesma capacidade de participação em tarefas sociaisnos dois
grupos.
Um dos aspectos significativos para a inclusão dos surdos acontece com a oficialização da língua de sinais,
que objetiva inserir na sociedade todos os surdos que viviam as suas margens, pela dificuldade de comunicação, e
consequentemente o reconhecimento do intérprete dessa língua, profissional necessário para mediar a comunicação
entre surdos e ouvintes.
A gestualização éparte integrante da estrutura da língua de sinais e também do oralismo. Essa teoria é
enfatizada por Albano, apud, Santana (2007, p.79):
A língua de sinais, assim como a linguagem oral, tem seu estatuto gestual. A gestualidade
na fala inicia-se com as vocalizações. A linguagem humana é, assim, prenhe de gestos que variam
da especificação mínima da ordem do simbólico (vocalizações, balbucios...
tracking img