Interprete de libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5745 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE MONTENEGRO
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LIBRAS
DALILA DE JESUS OLIVEIRA


LIBRAS: A PRESENÇA DO INTERPRETE NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS NAS ESCOLAS REGULARES DE URUARÁ








Uruará-Pará
2012


DALILA DE JESUS OLIVEIRA




LIBRAS: A PRESENÇA DO INTERPRETE NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS NAS ESCOLAS REGULARES DE URUARÁ


Trabalho de Conclusão de Cursoapresentado a Faculdade Montenegro para a obtenção de grau de Pós-Graduação em LIBRAS.

Data de apresentação : ____/____/______

Um carinho exclusivo a minha mãe, e aos demais familiares, que sempre estão do meu lado prestando a mim compreensão e força .

AGRADECIMENTOS


A Deus, que através da força do teu espírito, nos fez superar as dificuldades encontradas no caminho.

Para que aconcretização deste estudo se efetivasse: agradeço às inúmeras pessoas que foram incentivadoras neste processo e seus ensinamentos serão a partir de agora essenciais em minha caminhada pessoal e profissional.
Então, por estes extraordinários exemplos, expresso os meus reais agradecimentos

EPIGRAFE


Os outros escutam não eu. Mas tenho meus olhos, eles observam ainda melhor que os seus,forçosamente.
Tenho minhas mãos que falam. Um cérebro que organiza as informações, à minha maneira, segundo minhas necessidades.Não chamarei de imperfeitos a vocês, os ouvintes. Aliás, não permitiria tal coisa. Ao contrário, quero união das duas comunidades, no respeito. Dou lhes o meu, quero o de vocês.
Emmanuelle Laborit





CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO MONTENEGRO
CURSO DEPÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM LIBRAS

FICHA DE AVALIAÇÃO DE MONOGRAFIA

ORIENTADOR (A): Edilene
ALUNO (A): Dalila de Jesus Oliveira
TÍTULO DA MONOGRAFIA:
NOTA ATRIBUÍDA: ____________

PARECER





_______________________, ______ de __________________ de _______.
_________________________________
Assinatura do (a) orientador (a)


RESUMO
Quando trata-se de educaçãoinclusiva para surdos, não se trata apenas do espaço físico ou de adequação de recursos pedagógicos, é preciso considerar a acessibilidade a comunicação, entre os surdos e todos os envolvidos no processo.Essa comunicação é possibilitada por um interprete, que quando atuante na escola, intitulado de interprete educacional.Portanto o ensino para alunos surdos, é observado como um desafio para os educadores,visto que o acesso a formação ou a presença do interprete educacional,ainda não compõe a realidade geral da educação numa amplitude nacional.Ressalta-se ainda que as políticas educacionais dos município não correspondem as exigências do processo de inclusão dos parâmetros nacionais, que amparam o surdo ao direito da presença do interprete na sala de aula.Em escala local, ou seja, no municípiode Uruara, a demanda pelo profissional interprete é crescente, já que é crescente também o numero de surdos matriculados nas escolas regulares em busca de conhecimento mediado pela LIBRAS. Porém, não há pessoas com formação para atuar nessa área, e atualmente o município não possui nenhum interprete. Portanto, à aprendizagem dos alunos inclusos nas escolas regulares publicas de Uruara, depara-se nadificuldade da presença de profissionais habilitados na sala de aula.
Palavras-chave: Educação. Interprete Libras



ABSTRACT
When it is about inclusive education for deaf, not just the physical space or adequacy of learning resources, we need to consider the accessibility of communication between the deaf and everyone involved in the process. This communication ismade ​​possible by an interpreter, that when acting in school, titled interpreter education. Therefore education for deaf students, is seen as a challenge for educators, since access to training or educational interpreter's presence, yet composes the reality of education of general in a national scale. It’s also that education policy municipality does not match the requirements of the...
tracking img