O despertar da primavera

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (366 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Eixo temático: Teoria Literária
2. Título do eixo: Crítica Literária Psicanalítica
3. Título do GD: O despertar da Primavera à luz da Psicanálise
4. Ementa do GD (resumo geral do GD)

APsicanálise, desde o seu início, manteve relação com a Literatura, mesmo guardadas suas diferenças. A Psicanálise acolheu, em sua teoria, o saber da Literatura, o que foi profícuo, pois a Literatura,enquanto campo ficcional, permitia acesso a “realidades psíquicas” que nem sempre poderiam ser observadas na clínica. Em contrapartida, a Psicanálise possibilitou-nos um estudo crítico que se vale deconceitos e elaborações teóricas que muito colaboram para pensar a Literatura à luz de um sujeito que é afetado pelo inconsciente. O livro O Despertar da Primavera, escrito em 1890, pelo alemão FrankWedekind surgiu como um teatro revolucionário e, ao mesmo tempo, fantástico. Também conhecida como “tragédia adolescente” ou “tragédia da juventude”, a peça é dividida em três atos e possui váriascenas de naturezas diferentes. Toda a obra se desenrola baseada no tema fundamental da peça, que é o despertar da sexualidade. Dividido em duas categorias de personagens, os jovens e os adultos, elatrata dos impasses vividos por adolescentes na época da puberdade – momento em que há o “desabrochar para a sexualidade” – e trata também da maneira como os adultos (a sociedade) observam e reagem aessas mudanças. Destacam-se, entre os jovens, as figuras simbólicas de Melchior, Moritz e Wendla, cujos destinos e desejos dão corpo ao drama. O presente trabalho tem como objetivo analisar a obra apartir das possíveis leituras sob o viés da psicanálise. Como já dito, a obra rodeia em torno de um tema e, a partir dele, haverá o surgimento de vários conflitos e questões bastantes polêmicas ainda naatualidade, como o suicídio de Moritz, a gravidez e o aborto de Wendla, a masturbação de Hanschen Rilow, entre outras. Teremos até o final da peça a sensação de que ela própria vai revelando-se...
tracking img