Teoria organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1987 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
* Teorização Organizacional: Um Campo Historicamente Contestado
O crescimento de uma “sociedade organizacional” representou um avanço inexorável da razão, da liberdade e da justiça e da possibilidade de erradicação da ignorância, da coerção e da pobreza. As organizações foram projetadas para resolver conflitos permanentes dentro de uma organizão quando se deparam com conflitos deopiniões entre o coletivo e o individual.
As organizações garantiam a ordem social e a liberdade pessoal pela combinação entre processos decisórios coletivos e interesses individuais. Os teóricos organizacionais depositavam sua fé na organização moderna como a solução universal para o problema da ordem social.
Os organizacionistas viam a sociedade como um arranjo de funções, uma construçãoutilitária de atividades integradas, ou um meio de focalizar as energias humanas em um esforço combinado. Tanto a efetividade técnica quanto a virtude moral das organizações “formais” ou “complexas” são questionadas por transformações intelectuais e institucionais que estão levando-nos à fragmentação social, à desintegração política e ao relativismo ético
A Organização da Teoria
Consistena visão de que tanto o processo quanto o produto da teoria devem ser vistos como um “processo de ação e criação realizado por pessoas num período histórico específico”. A criação teórica tem a responsabilidade de subverter convenções institucionalizadas e petrificadas sem reflexão. A criação de uma teoria é uma prática intelectual situada em contexto histórico e que está voltada para aconstrução e mobilização de recursos ideais, materiais e institucionais para legitimar certos conhecimentos e os projetos políticos que eles derivam. O debate teórico está inserido em contextos intelectuais e sociais.
Então, a teoria organizacional é sujeita a procedimentos metodológicos comuns, mas que podem ser revisados. A interação e contestação de tradições intelectuais rivais implica aexistência de entendimentos negociados e relacionados a dado contexto e situação histórica, que tornam a argumentação racional possível.
Triunfo do Racionalismo
A crença de que a sociedade moderna é dominada por uma “lógica da organização” é recorrente ao longo de toda a história dos estudos organizacionais, promovendo o princípio organizacional. A organização construída racionalmente na formade um instrumento dirigido para a solução de problemas coletivos, de ordem social ou de gestão está refletida nos escritos de Taylor, Fayol, Urwick e Brech, sustentando a Teoria das Organizações. Eles legitimam a ideia de que a sociedade e as unidades organizacionais que a constituem serão regidas por leis científicas de administração excluindo totalmente valores e emoções humanas. Os sereshumanos tornam-se “matéria prima” transformada pelas tecnologias da sociedade moderna em membros bem comportados e produtivos da sociedade. Foi então que as organizações modernas anunciavam o triunfo do conhecimento racional e da técnica sobre a emoção e o preconceito humano, aparentemente intratáveis.
A organização racional burocrática era social e moralmente legitimada como uma formaindispensável de poder organizado, baseado em funções técnicas objetivas e necessária para o funcionamento efetivo e eficiente de uma ordem social fundamentada em autoridade racional-legal. A “organização” torna-se ferramenta ou instrumento para autorizar e realizar objetivos coletivos por meio do desenho e do gerenciamento de estruturas voltadas à administração e manipulação de comportamentosorganizacionais. O modelo racional nunca teve domínio ideológico e intelectual completo. Sempre foi contestado por linhas alternativas. Essa contestação consiste em descobrir uma nova fonte de autoridade e controle dentro dos processos e estruturas da organização moderna, porém usavam discursos e práticas diferentes para alcançá-las.
Redescobrindo a Comunidade
As questões que mais deixavam...
tracking img