O adolescente e a violencia na escola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3484 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
O adolescente é uma pessoa que se encontra numa fase de transformação, que por um lado perdeu o corpo infantil, mas ainda não tem o corpo de um adulto, age como criança e em outros momentos tenta agir como uma pessoa adulta, nesse período vai haver intensas modificações emocionais, comportamentais e corporais.
O adolescente é alguém que esta saindo da infância e que não chegouà idade adulta é um ser em crise e que se depara com conflitos, é um momento indispensável para a etapa evolutiva que não da para evitar, e nesse meio de várias transformações e idéias que o jovem vai definir sua identidade, são parte do caminho para o crescimento a instabilidade emocional, as tristezas ocasionais, ódios e as contestações. O adolescente, independente da classe social ou situaçãosocioeconômica, possui características próprias dessa idade de formação. Já não aceita tão passivamente as regras, questionando-as, pois este é um momento em que a convivência exige dele posicionamentos mais firmes e claros diante das situações. Nesse sentido, envolvê-lo nas decisões e nos processos de construção das regras é algo que possibilita o diálogo.
Ao se posicionar, decidir, verificare testar seus limites, o adolescente avança na construção de sua autonomia, tendo condições de avaliar as questões de um ponto de vista mais abrangente e com uma riqueza maior de detalhes. A representação de si e a imagem do próprio corpo passam a ser assuntos importantes. As modificações corporais, as sensações novas, levam os adolescentes a querer aventurar-se pelo experimentar de novassituações. Conhecer essas necessidades e refletir sobre elas é fundamental no trabalho com os sujeitos que estão nessa idade de formação.
A fase da adolescência varia entre 12 e 18 anos de idade dependendo de pessoa para pessoa, na fase de desenvolvimento da adolescência estão inseridos o desenvolvimento cognitivo, esta etapa de operações formais é caracterizada por uma dependência cada vez menor deobjetos e fantasias para considerar problemas e situações, desenvolvimento pessoal-social exige do individuo em repensar velhos aptos sem a sensação de perda da identidade. 4
Estágios psicossexuais é uma fase que rompe a sexualidade da infância para umrelacionamento, mas maduro, desenvolvimento moral vai se desenvolver à medida que o adolescentes começa a conceituar filosofias morais incluindo direitos e privilégios.
Desenvolvimento físico que se caracteriza por alterações físicas dramáticas que levam o individua da infância para a maturidade física.
O objetivo deste trabalho é mostrar as violências ocorridas nas escolas, mostrar que elas não são umfato novo, muitas das vezes a escola não sabe que medidas tomar para acabar com este problema.
Pretende-se mostrar os tipos de violências exercidas pelos jovens nas escolas, à adolescência no convívio escolar e o papel do educador na escola, família e alunos para solucionar tal problema e sua prevenção.

5
Capitulo 2
A adolescência x violência na escola
Nos dias atuais as manifestaçõesde violências nas escolas vêm preocupando bastante pais e educadores, diante disso é importante lembrar que existem diversas formas de violência que acontecem por diversos motivos que acabam afetando o cotidiano escolar.
No cotidiano inúmeras situações chegam a afetar as instituições escolares, o envolvimento de alunos com brigas e formação de grupos rivais é estendido ao espaço escolar.As brigas e agressões entre os alunos são vista como forma de violência que acabam estimulando a depredação escolar. A depredação escolar é caracterizada pelos atos de vandalismo provocados pelos alunos das escolas, entre eles a pichação, quebra de louças sanitárias, furtos de lâmpadas entre outros materiais encontrados nas instituições.
A violência é vista principalmente nas escolas...
tracking img