Tcc a escola grande aliada para previnir violencia sexual contra criança e adolescente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2953 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A GESTÃO DO TERCEIRO SETOR
O termo Terceiro Setor é um ainda um conceito em construção, abrangente e um tanto difuso. A dificuldade de conceituação está relacionada à fragilidade das informações a respeito dos indicadores deste setor, do tratamento em relação aos aspectos jurídicos, além de barreiras políticas e ideológicas.
Segundo Salamon, o terceiro setor é:
"uma imponente rede deorganizações privadas, autônomas, não voltadas à distribuição de lucros para acionistas e diretores, atendendo propósitos públicos, embora localizada à margem do aparelho formal do Estado... O crescimento do Terceiro Setor decorre de várias pressões, demandas e necessidades advindas das pessoas, como cidadãos, das instituições e até dos próprios governos. Ele reflete um conjunto de mudanças sociaistecnológicas, aliado a continua crise de confiança na capacidade do estado." (SALAMON, 1998, p.5).

Tal setor se caracteriza por desenvolver ações de iniciativa privada, mas com finalidade pública, como por exemplo: ONGs, Organizações da Sociedade Civil, Organizações Filantrópicas e outros.
Temos que entender que todo o Terceiro Setor é uma ONG, porém, nem toda ONG é do Terceiro Setor, conforme ilustra aimagem:

O crescimento dessas instituições e notável e desenvolvem trabalhos nas mais diferentes áreas, voltadas para a promoção de desenvolvimento local, preservação do meio ambiente, defesa dos direitos nos vários segmentos, assistência social, saúde, etc.
O Terceiro Setor é aquele que não pertence ao Estado, denominado primeiro setor, nem ao mercado, denominado segundo setor, e sim à organização dasociedade civil com a finalidade pública, sem a intenção de lucro, ou seja, sem fins econômicos. A sociedade civil aqui referenciada é exatamente a que está fora do Estado e se organizam para atender interesses públicos com a participação de voluntários em suas atividades uma vez que ela é anterior ao próprio Estado, pois foi ela quem o instituiu. É um setor que coexiste com os outros dois, sendoo primeiro o responsável por administrar os bens públicos, com uma finalidade pública também, no âmbito municipal, estadual ou federal, e o segundo setor, que é o mercado, com finalidades de lucro. Existe uma semelhança entre o Estado e o Terceiro Setor, ou seja, ambos tem uma finalidade de atender a coletividade.

AGENTES FINS SETOR
Públicos Públicos Estado
Privados Privados Mercado
PrivadosPúblicos Terceiro Setor
Fonte: Fernandes (1994).

Onde o primeiro setor (Estado) e o Terceiro Setor (sociedade civil organizada) tem finalidades comuns e desenvolvem suas atividades em função de atender o público, a coletividade. O que os diferencia são os agentes no Estado os agentes são públicos e os recursos humanos e materiais para os devidos fins tem origem em bens públicos e no terceiro setorestes advêm de recursos privados e de parcerias com o Estado. Por outro lado o mercado, segundo setor, usa agentes privados, para fins particulares onde há a produção coletiva e a apropriação privada e desigual do bem produzido.
O surgimento do Terceiro Setor se deu há tempos. Desde a criação das Santas Casas de Misericórdia que, foram fundadas entre 1543 e 1900 no Brasil e já existentes em Lisboa.Tais instituições iniciaram suas atividades com o objetivo de atender aos mais carentes, após 1618 lideradas sempre por pessoas abastadas vinculadas à igreja com apoio do Estado que prestava atendimento à população mais carente nas diversas áreas. O Terceiro Setor se configura assim, como um setor que busca a superação de uma intervenção meramente caritativa e amadora para uma intervenção maistécnica, com um olhar profissional.
Emergiu produzindo grande impacto na realidade social. Tentando paliar is impactos e seqüelas produzidos pelo sistema capitalista. A sua estruturação e maior visibilidade deste setor se deu nos anos 90 após as acentuadas desigualdades da ditadura. Os grupos que se opunham ao regime totalitário denominaram-se de Organizações Não-Governamentais (ONG?s) que...
tracking img