Atividade docente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5860 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ Curso de Pós Graduação no Enfrentamento da Violência contra Crianças e Adolescentes

MORCHE RICARDO ALMEIDA

DA PALMATÓRIA AO GRITO: espaço escolar, espaço de violência contra crianças e adolescentes

CURITIBA 2009

2 PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ CENTRO DE CIÊNCIAS JURIDICAS E SOCIAIS CURSO DE POS GRADUACAO

Morche RicardoAlmeida

DA PALMATÓRIA AO GRITO: espaço escolar, espaço de violência contra crianças e adolescentes

Trabalho

de

Conclusão

de

Curso

apresentado como requisito parcial para aprovação no curso de Pós Graduação em Enfrentamento da Violência contra Criança e Adolescente.

Orientador: Profª. Especialista Maria Leolina Couto Cunha

CURITIBA 2009

3 DA PALMATÓRIA AO GRITO: espaçoescolar, espaço de violência contra crianças e adolescentes Morche Ricardo Almeida1

RESUMO A escola se apresenta como espaço enigmático. Somos capazes de decifrar este enigma? As crianças e adolescentes muitas vezes são vítimas desta escola, entretanto, os pais com filhos em idade escolar não fazem esta leitura; o senso comum, pois, acredita ser a escola ambiente de aprendizagem cujos conflitos eas violências não estão presentes. Quais as lembranças que as crianças e adolescentes podem registrar em sua memória de seus anos de escola? Algumas das crianças e adolescentes que se negam a ir para escola, ou a abandona é na possibilidade de livrar-se da “ilha de doutor Moreau”, outras convivem com a violência que a escola esconde entre seus muros. Durante muito tempo a escola utilizou-se deinstrumentos de tortura na possibilidade de disciplinar as crianças e adolescentes, dentre estes instrumentos, destaque especial para a palmatória. A palmatória encerrou seus dias na escola, no entanto, não se encerrou com ela a violência contra a criança e o adolescente. Formas de violência se perpetuaram, como os castigos e os gritos dos professores e professoras, alegando ser esta a forma degarantir a disciplina e o respeito. Não são poucas as informações sobre atitudes de desrespeito dos professores e professoras em relação aos direitos das crianças e adolescentes, mesmo sendo conhecedores do Estatuto da Criança e do Adolescente, estatuto que orienta a sociedade a forma de garantir o bem estar da criança e adolescente. Não só professores e professoras desrespeitam o direito das crianças eadolescentes, este desrespeito ocorre também entre os pares. Palavras-chave: Escola. Violência. Criança. Adolescente. Palmatória.

1

Graduado em História, na FURB, Blumenau SC, com especialização em Pedagogia Gestora com ênfase em Administração, Supervisão e Orientação, na FACEL. Palestrante na área de formação de professores. Coordenador de Diversidade Étnico-Racial, Educação Fiscal eHistória da Secretaria Municipal de Educação de Blumenau, SC. Tutor do curso Diversidade e Cidadania da UAB/UFSC, cursando especialização em Educação Diversidade e Cultura Indígena – EST, RS. Graduando-se em Geografia pela UEPG – Universidade Estadual de Ponta Grossa, PR e Ciências da Religião pela FURB, Blumenau, SC. Cursou disciplina de mestrado em História, como aluno especial (2 semestre 2008), adisciplina "História, Memória e Patrimônio Cultural" UDESC. Com artigos científicos publicados em periódicos e anais de congressos é autor de livros sobre folclore catarinense e temáticas africanas.

4 A escola como espaço enigmático Tem sido a escola lugar ideal onde as famílias, aparentando nenhuma preocupação, deixam seus filhos e filhas durante boa parte do dia. Com a certeza de queprofessores e professoras os quais, no espaço ao exercício da pedagogia, desenvolvem suas atividades profissionais e, portanto, estão aptos a garantirem e atenderem a todos e todas dentro de suas especificidades. Sem que para tanto haja critério de escolha em relação aos mais variados comportamentos humanos. A escola se apresenta como espaço enigmático, entretanto, os pais com filhos em idade escolar...
tracking img