A economia das empresas no brasil frente às turbulências internacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5383 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O portfólio e normas:

Tema: A economia das empresas no Brasil frente às turbulências internacionais.

Focos:
• Desenvolvimento e crescimento econômico no ano de 2012;
• Possível arrocho econômico interno;
• Estamos preparados para uma crise mundial em 2012 oriunda da Comunidade Européia?
Deverá ter:
• Introdução
• Desenvolvimento
• Discussão
• Conclusão
• Referenciasbibliográficas

Metodologia:
 Apresentar com normas da ABNT;
 Não copiar da internet – será anulado em caso de plágio.
 Mínimo de 15 laudas (páginas)
 Referencias bibliográficas; (vide ABNT inclusive para eletrônico)
 Referenciar no texto o que for copiado (ver normas ABNT)













INTRODUÇÃO:
Neste presente trabalho pretende-se apresentar e examinar a economia das empresas noBrasil frente às turbulências internacionais.
Tentarei demonstrar de forma clara e objetiva uma análise da economia das empresas brasileira e o desempenho do comércio brasileiro do crescimento econômico ao desenvolvimento sustentável.
Embora uma evolução sobre o conceito tenha ocorrido nas últimas décadas, a atual busca pelo desenvolvimento continua primando pelo crescimento econômico, emprimeiro plano. Em alguns casos, de determinadas regiões, é possível identificar um real avanço para estágios de desenvolvimento econômico, com melhora de alguns indicadores sócio-econômicos, porém, estes casos são a minoria entre muitos.
De acordo com Silva (2006) ainda que se tenha observado a distinção conceitual entre crescimento e desenvolvimento, as políticas e ações econômicas se orientam pelouso intensivo de recursos em privilégio ao objetivo de aumentar a produção, o consumo e a riqueza. Segundo o autor, a sustentação desse tripé econômico seria o grande desafio para o desenvolvimento da sociedade.
Sen (2000) questiona este atual modelo de desenvolvimento econômico, qualificando-o como uma política cruel de desenvolvimento. Tal modelo tende a esgotar a base de recursos naturais,além de ampliar as distorções sociais. Por isso, de acordo com o autor, a base de desenvolvimento de uma região não deve estar apenas na busca pela dimensão econômica, mas sim, na dimensão sociocultural, em cujo contexto os valores e as instituições são fundamentais.
Conclui Sen (2000) que o desenvolvimento econômico não é apenas uma conseqüência da inovação tecnológica e da existência deprogresso técnico associadas a investimentos em P&D, mas também de um terceiro fator de produção: os recursos humanos e a acumulação de capital social.
Brasileiro (2006, p.88) aponta que:
“[...] os resultados alcançados com a implantação do modelo de desenvolvimento
vigente, baseado na otimização dos lucros, na industrialização como única via de
desenvolvimento, no uso indiscriminado dosrecursos naturais, no crescimento
econômico como fator antecedente ao desenvolvimento, propiciaram a emergência
de novas formas de pensar o desenvolvimento, procurando atender ou mesmo
explicar, a questões até então negligenciadas, tais como: a distribuição desigual das
riquezas; o agravamento da pobreza e exclusão social; a precarização das relações de
trabalho; e o esgotamento dos recursosnaturais.”
Silva (2006) expõe o desenvolvimento sustentável como o:
“... resultado da interação social em um determinado espaço, com bases culturais
cultivadas no decorrer do tempo, com finalidades econômicas e obedecendo às
instituições reconhecidas naquela sociedade e considerando a manutenção do estoque
ambiental existente.” (SILVA, 2006, p. 17)
Silva (2005, p. 38), acerca dodesenvolvimento sustentável, conclui que:
“O conceito de desenvolvimento sustentável deve ser visto como uma nova forma de
enxergarem, teoricamente, os fatos. A sociedade evolui esteada em sua inter-relação
nas dimensões sociais, ambientais, culturais, econômicas e espaciais e, por isso, não
se pode analisar, parcialmente, o processo de desenvolvimento. Visto esse processo
como um sistema...
tracking img