Vesentini

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1213 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A partir da obra de VESENTINI (1989), responder as seguintes questões:
1) Qual a posição do autor em relação à dicotomia entre Geografia Física e Geografia Humana?
O autor posiciona-se a favor da existência da dicotomia entre a Geografia da Natureza (Geografia Física) e a Geografia da Sociedade (Geografia Humana), que segundo o autor, na época em que sua obra foi apresentada, essedistanciamento sempre foi sensível e tende a aumentar. Neste sentido, na medida em que existe o aprofundamento da especialização dos estudiosos, sempre existirá uma lógica diferenciada entre o natural e o social, e essa tentativa de buscar o encontro do natural com a razão dialética atinge um fracasso. Essa unificação, para o autor só tem sentido no nível da geografia no sistema escolar, no nívelacadêmico, essa preocupação não é necessária, haja vista que a integração ações humanas e processos fisiográficos pode ser realizada por equipes de especialistas. Acrescenta ainda, que essa dicotomia precede a geografia, e será definida a partir das contradições e posicionamentos políticos.
2) Por que para o autor a discussão/ preocupação entorno da natureza ganhou contornos universais?
SegundoVESENTINI (1989), a preocupação com o debate acerca da natureza ganhou expressividade universal, pois é uma questão relacionada ao próprio futuro social, que está relacionada com diversas crises, como a ecológica, o armamentismo, a poluição e assim por diante, no sentido em que o planeta encontra-se “unificado”, e as conseqüências das ações podem ser universais. Isso quer dizer que a concepção danatureza como recurso produtivo, agregado de trabalho, traz consigo diversos problemas ambientais. Paralelamente a isso, outros vieses explicativos e críticos, quanto essa problemática e concepção surgem, como as posições conservacionistas e preservacionistas, muitas vezes mal definidos e coordenados.
3) Qual a origem da concepção pragmática de natureza?
A origem da concepçãosupracitada vem segundo o autor, desde a Grécia antiga, relacionada ao antropocentrismo. No século XVI e XVII, essa concepção, relaciona-se à ciência moderna, e toma contornos mais expressivos a partir do uso da razão, e da natureza como recurso.
4) Identificar as diferentes matizes do movimento ecológico apontados pelo autor.
O autor identifica o movimento ecológico, a partir devários pontos de vista. O primeiro com caráter conservacionista, de periodicidade do final do século XVIII (com características científico-utilitaristas e artísticas). VESENTINI (1989) aponta que somente no século XX é que a conscientização ecológica é amadurecida. Com destaque para a década de 70, com a Primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, gerando debates entre movimentosecológicos de diversas vertentes, como os de extrema direita, extrema esquerda, centro-direita, centro-esquerda e assim por diante. O ecofacismo (com característica autoritária), e os “fundamentalistas” (que tendem a buscar saídas diferentes às da sociedade industrial), exemplificam essas diferentes matizes do movimento ecológico.
5) Qual a contribuição do marxismo para a questão que envolve asrelações entre sociedade e natureza?
O marxismo contribuiu para os debates concernentes a sociedade e natureza, na medida em que ao ser tratada como uma questão agravada pela concepção da natureza como recurso, o clássico corrobora de maneira analítico-discursiva e crítica acerca do tema. Da mesma forma como o surgimento dos movimentos ecológicos, foram resultado da crise dosocialismo real, e desta maneira, a tendência era de buscar novas maneiras de entender a relação sociedade e natureza.
VESENTINI (1989) destaca três percepções da natureza, que passam pelo pensamento marxista: a dialética da natureza, a história natural e social, e da segunda natureza predominante. No caso, da história natural e social, Marx, traz o debate para as conseqüências do...
tracking img