Uso do crack um problema social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (675 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Departamento de Ciências Humanas e Letras – DCHL
Disciplina: Estágio Supervisionado I
Professor Dr. Braulino Pereira

Ana Carla Santos
Graduanda doCurso de Letras UESB

STUBBS, Michael. A língua na educação. In: BAGNO, Marcos, STUBBS, Michael & GAGNÉ, Gilles. Lingua Materna: letramento, variação & ensino. São Paulo: Parabola, 2002.


MichaelStubbs discute em seu texto “A Língua na Educação” a importância de se pensar em uma teoria educacional da linguagem, demonstrando, a imensidade do campo linguístico na educação, a relevância socialdas questões da língua e os aspectos sociais, culturais, institucionais e ideológicos da língua na educação. O presente texto discute a aceitação da diversidade linguística dos alunos em sala de aula esuas origens sociais. Os autores defende a prática de uma educação linguística com base na análise da língua objetivando o conceito de heterogeneidade e o compromisso com o social como aspectospertinentes do ensino de língua nas escolas.
O texto apresenta fatos históricos do ensino da língua entre os anos 1960 e 1980, relatando o fracasso escolar da época. Stubbs acredita que o conhecimentolingüístico escasso dos alunos seja o responsável pelo fracasso escolar em conexão com a desigualdade social, ou seja, os estudantes que não tinham um bom desempenho escolar não dominavam ou não eramfalantes do Inglês Padrão (IP), uma vez que o professor considera que o IP é a variedade ensinada e cobrada conforme sistema educacional britânico, nomeando-o como importante autoridade institucionalpadronizada. Sendo assim, estas considerações feitas na época em questão se dão ao tempo em que a questão da língua na educação passa a ser vista como uma área de estudo acadêmico e ação social.
O autorfala sobre a falta de compreensão das relações língua- sociedade e dos conflitos semióticos entre alunos e professores, denunciando a problemática do ensino da língua padrão. Para solucionar o...
tracking img