Uso de antibioticos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (947 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Uso freqüente de antibióticos em crianças
O uso de antibióticos está generalizado e tem-se tornado tão frequente e banal que já são muitas vezes os pais a sugerir ao pediatra o início de umantibiótico como remédio para todas as doenças ou, pelo menos, como um remédio para todas as febres. Apesar de os antibióticos serem fundamentais para o tratamento de certas situações, não é verdade que sejamo remédio para todos os males, nem a solução para todas as infecções. Além disso, a maioria dos antibióticos tem efeitos secundários, mais ou menos graves, e o seu uso pode mesmo ser prejudicial emdeterminadas situações.
PARA QUE SERVEM OS ANTIBIÓTICOS?
Quando uma bactéria entra no corpo da criança, começa a crescer e a multiplicar-se. Nesta altura, as defesas naturais do organismo entram emacção, na tentativa de eliminar a bactéria invasora. Felizmente, na maioria dos casos, é o nosso organismo quem ganha a batalha e a bactéria é eliminada, voltando tudo à normalidade. Mas, noutroscasos, a bactéria consegue vencer e continua a multiplicar-se, fazendo com que a criança continue doente. Nesta fase, a criança precisa de ajuda para eliminar a infecção. Os antibióticos são medicamentoscuja finalidade é eliminar as bactérias que invadem o nosso corpo. Eles ajudam as defesas naturais a combater a infecção. No entanto, e ao contrário do que muitos pais pensam, os antibióticos nãoservem para tratar todas as infecções. Até porque a maioria das doenças na criança não são provocadas por bactérias, mas sim por vírus, e os antibióticos não têm qualquer ação contra eles. Por esta razão,em muitos casos, mesmo quando a criança parece mais doente.
QUAL O PERIGO DE TOMAR MUITAS VEZES?
Os antibióticos, como já vimos, são capazes de matar bactérias. Mas, no nosso corpo, mesmo quandonos sentimos muito bem, existem muitas bactérias nas vias respiratórias (nariz, garganta) e nos intestinos. Nestes locais, algumas bactérias estão sempre presentes e não provocam qualquer doença....
tracking img