Unidades basicas do ensino de portugues

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (479 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO – UFRPE - UAST
ALUNA: Mª LUCELIA SALES BARBOZA
GERALDI, J. W. (org.). Unidades básicas do ensino do português. In: O texto nasala de aula: Leitura e produção. 2ª ed., Cascavel: Assoeste, 1985.
Se analisarmos a prática docente das aulas de língua portuguesa iremos perceber que o grande problema enfrentado pelo corpodocente refere-se à leitura, produção de texto e aná E a leitura de narrativas longas como romances e novelas. Nas atividades propostas o aluno praticaria a leitura por prazer e não com intuito departicipar de um processo avaliativo. Entretanto o autor dá mais ênfase à segunda prática de leitura, haja vista que a primeira, apresenta uma estreita relação com pratica de produção textual.
Para o autorquanto mais o aluno realizar leituras, diversificadas, maior será a possibilidade de ampliar o contato dos mesmos com os livros e respectivamente com a diversidade de textos, desenvolvendo assim ogosto pela leitura. Essa prática de leitura fará com que o aluno melhore a sua opinião critica e formação de ideias tanto nas produções orais e escritas.
A primeira atividade inicial proposta por Graldié de leitura, realizada durante os quatro bimestres, a mesma consiste no empréstimo de livros, conseguidos de várias formas: aquisição, utilização da biblioteca escolar ou pública, pedido de auxilioa clubes de serviço, pedido a editoras ou conseguidos através de iniciativas dos próprios alunos. Inicialmente a leitura é realisada na sala de aula, dando continuidade em casa, sem fins avaliativoscomo fichas, roteiros, resumos ou outras atividades escritas. A avaliação desta atividade e continua de acordo com as anotações realizadas pelo professor por meio de observações.
No segundo tópico Aprática de produção de textos, o autor traz o problema de escrita, “ o exercício de redação na escola, tem sido um martírio não só para os alunos,mas também para os professores”( p.64) , A repetição...
tracking img