Tratamentos termicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5174 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRATAMENTOS TÉRMICOS
TRATAMENTOS TÉ
www.em.pucrs.br/nuclemat

Prof. Carlos A. dos Santos

NÚCLEO DE ENGENHARIA DE MATERIAIS METÁLICOS

TRATAMENTOS
TÉRMICOS dos AÇOS
Bibliografia:
CHIAVERINI, V., Aços e Ferros Fundidos,
Editora ABM, 2004
SMITHS, W., Materials Science, Ed. Blower, 1996
REED-HILL, Physical Metallurgy, McGrall- Hill,
1998
KRAUS, G. Steels: Processing, Structure, andPerformance. ASM International, 2005

Material disponível no site:
www.em.pucrs.br / nuclemat

TRATAMENTOS TÉRMICOS

www.em.pucrs.br/nuclemat

Prof. Carlos A. dos Santos

NÚCLEO DE ENGENHARIA DE MATERIAIS METÁLICOS

Definição e Conceitos Fundamentais:
⌦ Tratamento Térmico:

( Heat Treatment )

Operação ou conjunto de operações
realizadas no estado sólido que
compreendemaquecimento, permanência
em temperaturas específicas e resfriamento,
realizados com a finalidade de conferir ao
material determinadas características.

⌦ Tratamento Termoquímico:
Termoquí
( Thermochemical Treatment )

Operação ou conjunto de operações
realizadas no estado sólido que
compreendem aquecimento, permanência
em determinadas temperaturas e
atmosferas e resfriamento, realizadoscom a
finalidade de conferir ao material
determinadas características superficiais.

TRATAMENTOS TÉRMICOS
TRATAMENTOS TÉ
www.em.pucrs.br/nuclemat

Prof. Carlos A. dos Santos

NÚCLEO DE ENGENHARIA DE MATERIAIS METÁLICOS

Principais Processos:
Principais
RECOZIMENTO
RECOZIMENTO

(Amolecimento, Homogeinização, Recuperação)

(Annealing)

Recozimento Total ou Pleno
RecozimentoIntercrítico
Recozimento Subcrítico
Esferoidização
Coalescimento (ductilidade máxima)
NORMALIZAÇÃO (Normalizing)
NORMALIZAÇ

(Resfriamento ao ar)

TÊMPERA
TÊMPERA

(Quench)

REVENIDO
REVENIDO

(Temper)

(Alívio de tensões e redução de dureza)

MARTÊMPERA
MARTÊMPERA

(Martempering)

(Evitar trincas e empenamento)

AUSTÊMPERA
AUSTÊMPERA

(Austempering)

(Produção deestrutura bainítica)

(Endurecimento pela formação de martensita)

AUSTENITA RETIDA (Residual γ)
AUSTENITA

(Tratamento de eliminação)

Revenimento múltiplo
Tratamento sub-zero
Encruamento
TÊMPERA SUPERFICIAL
TÊMPERA

(Modificação das condições superficiais)

SOLUBILIZAÇÃO (Solutioning)
SOLUBILIZAÇ

(Não ferrosos e aços inoxidáveis)

TERMOQUÍMICOS (Thermochemical)
TERMOQUÍ(Tratamentos superficiais: cementação, nitretação, etc)

TRATAMENTOS TÉRMICOS

www.em.pucrs.br/nuclemat

Prof. Carlos A. dos Santos

⇒ ELEMENTOS DE INFLUÊNCIA NAS TRANSFORMAÇÕES SÓLIDO / SÓLIDO

COMPONENTE

- Tamanho e geometria
- Estrutura original (tam.
de grão, encruamento,
nível de segração, outros)

AQUECIMENTO

- Tipo de forno
- Temperatura crítica
- Taxa deaquecimento

TEMPO DE AQUECI//TO

- Homogeinização
da temperatura
- Crescimento de grão

AMBIENTE. DE AQUECI//TO

- Reações que ocorrem
na superfície da peça

RESFRIAMENTO

- Ambiente de resfriamento
- Taxa de resfriamento
- Temperatura mínima

NÚCLEO DE ENGENHARIA DE MATERIAIS METÁLICOS

TRATAMENTOS TÉRMICOS
TRATAMENTOS TÉ
www.em.pucrs.br/nuclemat

Prof. Carlos A. dos SantosNÚCLEO DE ENGENHARIA DE MATERIAIS METÁLICOS

Total ou Pleno
Subcrítico
RECOZIMENTO
RECOZIMENTO

Intercrítico
Esferoidização
Coalescimento

NORMALIZAÇÃO
NORMALIZAÇ
TÊMPERA
TÊMPERA

Tratamentos
Térmicos

REVENIDO
REVENIDO
MARTÊMPERA
MARTÊMPERA
AUSTÊMPERA
AUSTÊMPERA

Revenimento múltiplo

AUSTENITA RETIDA
AUSTENITA

Tratamento sub-zero
Encruamento

TÊMPERA SUPERFICIALTÊMPERA
SOLUBILIZAÇÃO
SOLUBILIZAÇ

As diferentes CLASSIFICAÇÕES para os tratamentos são definidas em função dos
CLASSIFICAÇ
métodos, equipamentos e condições do material após o tratamento.

TRATAMENTOS TÉRMICOS
TRATAMENTOS TÉ
www.em.pucrs.br/nuclemat

Prof. Carlos A. dos Santos

NÚCLEO DE ENGENHARIA DE MATERIAIS METÁLICOS

A escolha de um tratamento específico, dependerá das...
tracking img