Transtorno da personalidade dependente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (792 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - INTRODUÇÃO

Pacientes com Transtorno de Personalidade Dependente geralmente trazem muitas queixas repetidas de falta de atenção, sobre seu estilo de vida, sobre dificuldades nas relaçõessociais, falta de sentido na vida, dificuldades profissionais, familiares, escolares e sociais.
Um dos desafios da Psicologia tem sido estudar os determinantes do desenvolvimento da personalidade. Sãoconsiderados quadros de difíceis diagnóstico e tratamento.
Pessoas que sofrem desta desordem são freqüentemente influenciadas pelo ambiente exterior e pela opinião dos outros e ficam sujeitas a tentaragradar para não se sentirem rejeitadas. Geralmente se tornam dependente do processo terapêutico, quando o buscam.
Pacientes com Transtorno de Personalidade Dependente geralmente trazem muitasqueixas repetidas de falta de atenção, sobre seu estilo de vida, sobre dificuldades nas relações sociais, falta de sentido na vida, dificuldades profissionais, familiares, escolares e sociais.
Um dosdesafios da Psicologia tem sido estudar os determinantes do desenvolvimento da personalidade. São considerados quadros de difíceis diagnóstico e tratamento. Pessoas que sofrem desta desordem sãofreqüentemente influenciadas pelo ambiente exterior e pela opinião dos outros e ficam sujeitas a tentar agradar para não se sentirem rejeitadas. Geralmente se tornam dependente do processo terapêutico, quandoo buscam.


2 – CONCEITO

Pessoas com Transtorno da Personalidade Dependente apresentam, geralmente, padrões persistentes de vivência íntima ou comportamento que se desvia acentuadamente dasexpectativas da cultura do indivíduo, é generalizado e inflexível, seu início se dá na adolescência ou no começo da idade adulta, é estável ao longo do tempo e provoca sofrimento e prejuízo aoindivíduo. Caracteriza-se, principalmente, pela extrema submissão e dependência.
Vias de regra as causas do sofrimento para portadores destes distúrbios são percebidas como “exteriores”: os outros são...
tracking img