Trabalho interdisciplinar dirigido

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 54 (13408 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ALEX TAVARES DOS SANTOS
EDY ALVES DOS SANTOS
ISYS JULIANA CONCEIÇÃO SILVEIRA
MARIA RIZOMAR DA SILVA
MAYLA FERNANDA CAMARGO DE OLIVEIRA
WALFRIDO LUNA FREIRE NETO




DESENVOLVIMENTO HISTÓRICO DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA OU IGUALDADE NO BRASIL
PROJETO INTEGRADOR I - TRABALHO INTERDISCIPLINAR DIRIGIDO



Trabalho Interdisciplinar Dirigido apresentado à banca examinadora da Faculdade deDireito da UNIMONTE – Universidade Monte Serrat, como exigência parcial para obtenção do grau do curso de direito, sob a orientação do professor Rafael Quaresma Viva.


UNIMONTE/Santos
2012












Banca Examinadora
____________________________________________________________________________________________________________DEDICATÓRIA










Dedicamos este Trabalho Interdisciplinar Dirigido – Projeto Integrador I dirigido aos nossos pais que nos deram muito apoio nos momentos mais difíceis de nossas vidas e aos nossos professores que nos ensinaram que por mais que achamos que os nossos conhecimentos já estão bem profundos, estamos enganados, pois o conhecimento é algo que está sempre se renovando.Obrigado por tudo!





AGRADECIMENTOS












A Deus que nos guiou nessa jornada de estudos e sabedoria, colocando em nosso caminho o Sr. Prof. Rafael Quaresma Viva, pela orientação dedicada, segura e competente.






SUMÁRIO

INTRODUÇÃO
1 CONCEITO DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA
1.1 Conceito e definição de isonomia
1.2 O princípio da isonomia ou igualdade
1.2.1Conceito
1.2.2 Isonomia ou igualdade formal e material
2 HISTÓRICO DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA NO MUNDO
2.1 A política sobre a isonomia na Antiguidade
2.2 A política da isonomia à ótica de Aristóteles
2.3 A política da isonomia à ótica de Heródoto
2.4 A política da isonomia para Roma e o Cristianismo
3 O PRINCÍPIO DA ISONOMIA NO BRASIL COLÔNIA
3.1 Conceito de colônia
3.2 Sucintahistória do Brasil Colônia
3.3 A política para o índio no Brasil Colônia
3.4 O Marquês de Pombal e o Brasil Colônia
3.5 A Política da mão-de-obra africana no Brasil Colônia
3.6 Movimentos pelo princípio da isonomia no Brasil Colônia
3.6.1 Confederação dos Tamoios
3.6.2 Insurreição Pernambucana ou Guerra da Luz Divina
3.6.3 Guerra dos Bárbaros
3.6.4 Revolta de Beckman
3.6.5 Guerrados Mascates
3.6.6 Revolta de Vila Rica e Inconfidência Mineira
3.6.7 Conjuração Baiana ou Revolta dos Alfaiates
3.6.8 Revolução Pernambucana
3.7 A influência da Revolução Francesa no Brasil Colônia
3.7.1 Antecedentes da Revolução Francesa
3.7.2 Conceito sobre o Iluminismo
3.7.3 A influência do pensamento da Revolução Francesa
4 O PRINCÍPIO DA ISONOMIA NO BRASIL IMPÉRIO
4.1Conceito de Império
4.2 Transferência da corte portuguesa para o Brasil
4.3 Sucinta história do Brasil Império
4.4 Movimentos pelo princípio da isonomia no Brasil Império
4.4.1 Constituição do Império do Brasil
4.4.2 Consequências da Constituição do Império do Brasil
4.4.2.1 Confederação do Equador
4.4.2.2 Cabanagem
4.4.2.3 Balaiada
4.4.2.4 Revolução Praieira
4.5 Avanços sociaispelo princípio da isonomia no Brasil Império
4.6 Abolicionismo no Brasil
5 AVANÇOS NA ISONOMIA SOCIAL NO BRASIL REPÚBLICA
5.1 Conceito de República
5.2 Sucinta história do Brasil República
5.3 A Constituição de 1891 e avanços na isonomia social
5.4 A Constituição de 1934 e avanços na isonomia social
5.5 A Constituição de 1937 e avanços na isonomia social
5.6 A Constituição de1946 e avanços na isonomia social
5.6.1 Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948)
5.7 A Constituição de 1967 e avanços na isonomia social
5.8 A Constituição de 1969 e avanços na isonomia social
5.9 A Constituição de 1988 e avanços na isonomia social
6 AVANÇOS DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA NESTE SÉCULO
6.1 Participação das instituições brasileira
CONCLUSÃO:
BIBLIOGRAFIA:...
tracking img