Trabalho helicobacter pylori

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1001 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ
CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLOGIA E PRODUÇÃO
MEDICINA VETERINÁRIA






KARINE HESPANHOL










TRABALHO DE MICROBIOLOGIA VETERINARIA











TOLEDO,
2012



Introduçao


Helicobacter pylori é o principal agente causador de gastrite superficial crônica em humanos, e participa de forma significativa nodesenvolvimento de úlceras pépticas e de neoplasias gástricas. Atualmente já é conhecida a participação de bactérias do gênero Helicobacter na patogênese de enfermidades gástricas em humanos e em animais domésticos e selvagens, porém tais mecanismos ainda não estão totalmente esclarecidos. A transmissão zoonótica do gênero Helicobacter tem sido sugerida devido à presença de microrganismos gástricos commorfologia similar a este, no estômago de várias espécies animais (cães, gatos, suínos, bovinos, ovinos, aves, furões, porcos de Guiné, macacos,
camundongos, ratos, hamsters, marmotas, raposas, guepardos, golfinhos, baleia beluga e outros). Por essa razão os animais domésticos, especialmente, têm sido freqüentemente relacionados como potenciais fontes de infecção de Helicobacter spp. Para os sereshumanos, uma vez que a transmissão pode ocorrer por diversas fontes de contaminação (oral-oral, fecal-oral, vetores, água e alimentos de origem animal). Essas características demonstram a relevância de estudos que esclareçam o papel zoonótico de Helicobacter spp., evidenciando assim a sua importância para a Saude Publica.




















Helicobacter pylori é umabactéria Gram-negativa, espiralada, móvel, não esporulada, microaerófila, que mede aproximadamente 0,5 m de largura e 3,0 m de comprimento, que apresenta uma superfície lisa com quatro a seis flagelos unipolares, embainhados e com bulbos terminais nas extremidades distais. Esse microrganismo é adaptado especificamente à mucosa gástrica, podendo ser a causa de metaplasia intestinal. O homem eprovavelmente alguns primatas não humanos são naturalmente colonizados pela bactéria.
A principal forma de transmissão das espécies de Helicobacter ainda é incerta, mas as vias oral-oral ou fecal-oral são tidas como as mais prováveis. Além destas, existem relatos de que a transmissão pode ocorrer de forma iatrogênica,devido à utilização de utensílios, como endoscópios e sondas, já que mesmodesinfetados podem apresentar DNA de H. pylori. Ainda, a transmissão oral do H.pylori pode ocorrer por meio de aerossóis de saliva ou vômito e também através do beijo. A via oral-oral foi sugerida após isolamento de H. pylori na saliva de indivíduos infectados, tanto humanos, como carnívoros domésticos.
O hábito que os animais têm de lamberem sua pelagem, além da ocorrência freqüente de vômitos e oíntimo contato com seus proprietários e outros animais a mesma espécie aumentam a possibilidade da transmissão por esta via.
A transmissão do H. pyloriintra-espécies também ocorra pelo vômito, onde o muco age como vetor do microrganismo, enquanto que na transmissão inter-espécies a via oral-fecal é importante, devido a alimentação e o consumo de órgãos com o microrganismo.Helicobacter pylori já foi isolado de superfícies externas, intestinos e excretas de moscas (Musca domestica), o que indica que tais insetos podem atuar como vetores mecânicos na transmissão do agente, contaminando alimentos consumidos por seres humanos. Além de moscas, outros insetos, como baratas, também podem atuar como vetores desse microrganismo.
Helicobacterpylori tem um nicho preferencial, oestômago, podendo também estar presente, eventualmente, em regiões onde existam metaplasia de células antrais (duodeno e esôfago). Apesar de estar presente em fezes, esgoto e água, H. pylori é inativado pela cloração de rotina. Em países em desenvolvimento o consumo de água e legumes contaminados pode representar um risco evidente, porém o cozimento correto dos alimentos e a cloração da água...
tracking img