Testes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1953 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Reflexões sobre o espaço da Psicossociologia

Muito se tem falado da Psicossociologia nos meios acadêmicos. No entanto, pouco se tem refletido sobre a Psicossociologia, suas referências teóricas, sua abrangência, seu objeto de estudo e aplicação. O que é mesmo a Psicossociologia?

Vamos estabelecer, em princípio, algumas suposições de ordem epistemológica concernentes ao caráter dialético quecomporta esta disciplina. Para isso, será preciso nos referirmos brevemente ao sociale ao psicológico – e suas conceptualizações –, para, em seguida, analisarmos a articulação possível que a Psicossociologia procura realizar na constituição de seu corpo teórico e em sua prática.

Na perspectiva da sociologia clássica, o indivíduo é visto como parte de uma unidade maior que é a sociedade eignorado em suas particularidades, e no que dele próprio constitui o social. Ele é visto como um produto do determinismo social e até mesmo colocado em oposição a esse social: [...] o grupo é constituído de modo diferente do que os indivíduos, e o indivíduo e as coisas que o afetam são de naturezas diferentes. Os sociólogos contemporâneos, afastando-se dessa tradição, concebem a sociedade como sistemasde instituições e processos de socialização onde o indivíduo ocupa um outro lugar, no qual se inclui a subjetividade – pelo menos em algumas tendências teóricas – e a ação construtiva e modificadora do homem sobre o meio.

O social é tudo aquilo que é de ordem do coletivo, que ultrapassa o indivíduo. Esse coletivo ao qual me refiro é organizado política, econômica e culturalmente, possuindo umsistema simbólico e atravessado pela ideologia. Esse coletivo é ainda atravessado por um imaginário que ele próprio se constrói continuamente, através do qual a sociedade designa sua identidade e se representa. O social não atua simplesmente sobre o comportamento individual, mas faz parte dele, se inscreve em seu corpo, no seu psiquismo mais profundo, na representação que o indivíduo faz de simesmo e dos outros, nas relações que ele mantém com o mundo que lhe é exterior.

Porém, num processo especular, o social reflete em sua organização as características pessoais mais profundas. Percebemos, então, que as relações interpessoais não são apenas regidas pelo simbólico social, mas obedecem também às exigências pulsionais individuais. Na verdade, os sistemas simbólicos sociais existem porcausa mesmo das pulsões, criados a fim de permitir ao homem o acesso à ordem para que seja possível a vida com o outro, a co-existência de pulsões diversas, como nos ensinou Freud. Em seus últimos trabalhos, Freud se interessa pelo social e explica sua formação a partir de uma problemática interior ao indivíduo: o medo da morte [e] da castração, a sexualidade e o desejo são os elementosestruturantes da civilização. A cultura aparece então ligada a um processo de que ultrapassam a problemática psíquica do sujeito, embora dela oriundos.

Vemos então a necessidade de se levar em conta as estruturas psíquicas e as estruturas sociais se pretendemos compreender como se constitui o social e como este atua sobre seus membros. Se os sociólogos têm tendência a esquecer que o social, suasestruturas e mecanismos só fazem sentido porque se organizam em função da vida individual e dos determinantes psicológicos, os psicólogos e psicanalistas não podem ignorar que a organização da vida psíquica e o desenrolar da história individual se edificam a partir de um . Ela analisa a importância fundamental do processo de identificação e do projeto identificatório para a existência do Eu, fazendo deleseu próprio referente, unidade, indivíduo. Nesse processo, é de fundamental importância a confrontação do Eu com os limites impostos pelo princípio da realidade e pela categoria da interdição como determinantes na estrutura psíquica. Se a formação do Eu se faz pela identificação à imagem do outro, a identidade se forma então sobre bases psíquicas que são alicerçadas sobre um outro exterior, sobre...
tracking img