Teste

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6259 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ARTIGO ORIGINAL

Transtornos mentais comuns em médicos
e seu cotidiano de trabalho
Common mental disorders among physicians and their everyday practice
Maria Cristina F. de Lima Cabana1, Ana Bernarda Ludermir2, Érika R. Silva3, Maria Luiza L. Ferreira4, Maria Emília R. Pinto5
RESUMO

Palavras-chaves
Transtornos mentais
comuns, médicos,
condições de trabalho.

Objetivo : Comparar ocotidiano de trabalho e a prevalência dos transtornos mentais co muns (TMC) dos médicos que exerciam suas atividades profissionais no serviço de emergência com os da UTI e enfermarias de um hospital geral da rede estadual em Recife,
em 2004. Métodos: Estudo de prevalência tendo utilizado como instrumentos um questionário sobre o Cotidiano de Trabalho Médico e o Self Reporting Questionnaire (SRQ-20),para identificar os TMC. Foram descritas características demográficas, socioeconômicas e
do cotidiano de trabalho dos médicos do hospital. Calculou-se a prevalência global dos
TMC e por setor de trabalho. Resultados : Comparando os médicos da emergência com
os da UTI e enfermarias, aqueles tinham vínculo empregatício com o Estado (p < 0,0001),
múltiplos empregos (p = 0,004), maior cargahorária semanal de trabalho (≥ 71 horas)
(p = 0,007), maior sensação de sobrecarga de trabalho (95,74%, p = 0,015) e recebiam no
hospital até 5 salários mínimos (p < 0,0001). Embora a diferença não tenha sido estatistica mente significante, a prevalência de TMC foi maior nos médicos da emergência (32,00%),
comparando-se aos da UTI (17,65%) e enfermarias (17,54%). Conclusão: Identificou-se a
emergênciacomo setor de maior prevalência de TMC e com médicos vivenciando piores
condições de trabalho.

ABSTRACT
Objective: To compare the day-to-day workload and prevalence of common mental disorders
(CMD) among physicians that exercise their professional activities in the emergency service with
those of the ICU and infirmaries of a state-run general emergency hospital in the city of Recife in2004. Methods : Cross-sectional study which used a questionnaire elaborated to obtain information on the Physician’s Day-to-day Workload and the Self Reporting Questionnaire (SRQ-20),
to identify CMD. Demographic, socio-economic and day-to-day workload characteristics of the
physicians of the hospital were described. The global prevalence of CMD and stratified by working sector was calculated.Results: Comparing the physicians of the emergency service with

R ecebido
01/02/2007
Aprovado
13/03/2007

1 Psicóloga clínica-hospitalar do Hospital Getúlio Vargas, da Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Pernambuco, professora da graduação em Psicologia da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA (PE), e Mestra em Saúde Coletiva.
2 Médica e Ph.D. em Epidemiologia, professora adjunta doDepartamento de Medicina Social do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).
3 Auxiliar de pesquisa, bolsista de iniciação científica e graduanda de Psicologia na UFPE.
4 Bolsista de iniciação científica e graduanda de Medicina da Universidade de Pernambuco (UPE).
5 Voluntária e graduanda de Psicologia da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA (PE).
Endereço paracorrespondência: Maria Cristina Fonsêca de Lima Cabana
Avenida Norte, 3.811, bloco B2, ap. 203 – 52051-000 – Recife, PE
Fone: (81) 3442-0935. E-mail: mcflcabana@yahoo.com.br

34

ARTIGO ORIGINAL

Cabana MCFL et al.

Key-words
Common mental disorders,
physicians, working
conditions.

those of the ICU and infirmaries, the formers worked for the state (p < 0.0001), had multiple jobs
(p = 0.004),had a greater weekly workload (≥ 71 hours) (p = 0.007), presented a greater sensation of being overworked (95.74%, p = 0.015) and received up to 5 times the minimum salary at
the hospital (p < 0.0001). Although the difference was not statistically significant, the prevalence
of CMD was higher among those physicians in the emergency service (32.00%) in comparison to
those of the ICU (17.65%)...
tracking img