Teste

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2368 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estatística Industrial – Capabilidade do Processo Capabilidade ou Capacidade do Processo
Definições:
Principais conceitos utilizados nos estudos de capabilidade ou capacidade de máquinas ou processos : • Capabilidade ou Capacidade: medida que relaciona o rendimento real de uma máquina ou processo, com o seu rendimento especificado. • Máquina: operações discretas ( torno, prensa, ...) cominfluências exteriores mínimas. • Processo: combinação de pessoas, equipamentos, materiais, métodos e ambiente. No que diz respeito a variáveis, a capacidade de uma máquina é uma medida das influências a curto prazo que a máquina por si só exerce sobre a variabilidade do produto. É usual exigir como requisito mínimo, que ± 4.σ (desvio padrão) estejam contidos dentro dos limites de especificação. Istosignifica que 99.999% dos casos estão dentro da tolerância. Com este requisito, pretende-se assegurar que se atinge o objectivo de 99.73 % (±3.σ - desvio padrão) de capacidade do processo a longo prazo. Diremos então que um processo nesta situação está em Controlo Estatística. Para os dados sob a forma de atributos, o índice de capacidade é uma medida da conformidade da máquina ou processo.
1 JoãoBastos – 2001

Estatística Industrial – Capabilidade do Processo Capabilidade do Processo
Índices de Capacidade (variáveis) :

Se o histograma do processo apresenta a forma duma distribuição normal e o processo estiver em Controle Estatístico (sujeito apenas a variações naturais) é possível avaliar a capabilidade ou capacidade do processo através do índice de Capacidade de Processo. Estesíndices são um meio de indicar a variabilidade de um processo ou máquina em relação à tolerância dos seus componentes.

Índices de capacidade de processo (cp e cpk)

2

João Bastos – 2001

Estatística Industrial – Capabilidade do Processo Índices de capacidade de processo (cp e cpk)
ÍNDICE DE CAPACIDADE DO PROCESSO Processo com Média X, Desvio Padrão σ e Especificação Superior (USL) eInferior (LSL) Índice de Capacidade do Processo

Cp =

USL − LCL 6σ

C pk= Mínimo de

Superior (USL)

USL − X X − LSL e 3σ 3σ USL − X Cp = 3σ X − LSL 3σ

Inferior (LSL)

Cp =

3

João Bastos – 2001

Estatística Industrial – Capabilidade do Processo

Índices de capacidade de processo (cp e cpk)

É possível calcular uma estimativa mais precisa do desvio padrão σ através daseguinte tabela em função do tamanho da amostra n ( cartas X e R ) :

4

João Bastos – 2001

Estatística Industrial – Capabilidade do Processo Índices de capacidade de processo (cp e cpk)
ANÁLISE DA CAPABILIDADE DE PROCESSO

1.33 < Cp (ou Cpk)

SATISFATORIA

1.0 < Cp (ou Cpk) < 1.33

ADEQUADA

Cp (ou Cpk) < 1.00

INADEQUADA

O índice Cp indica a dispersão inerente ao processo,enquanto o índice Cpk indica o ajuste e a dispersão do processo. A fim de assegurar que o processo está em Controlo Estatístico, o histograma deve ser acompanhado de um carta de controlo que demonstre que a variação existente no processo se deve apenas a causas naturais. Dum modo geral, a variação existente nos processos deve-se a variação natural e não-natural. O estudo de capacidade do processorevela quais as causas de variação não natural presentes no processo e o que deve ser feito para eliminá-los de modo a obter a sua verdadeira capacidade de processo.
5 João Bastos – 2001

Estatística Industrial – Capabilidade do Processo Índices de capacidade de máquina ( cm e cmk)
ÍNDICE DE CAPACIDADE DA MÁQUINA Máquina com Média X, Desvio Padrão σ e Especificação Superior (USL) e Inferior (LSL)Índice de Capacidade da Máquina

Cm =

USL − LCL 6σ

C mk = Mínimo de

Superior (USL)

USL − X X − LSL e 3σ 3σ USL − X Cm = 3σ X − LSL 3σ

Inferior (LSL)

Cm =

capacidade _ estimada 8 Os índices de capacidade de máquina indicam o potencial a longo prazo do processo, se este estiver em Controlo Estatístico. O requisito mínimo para o índice Cm ou Cmk é de 1.33. A medida que o...
tracking img