Teste

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 73 (18138 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Desenvolvimento e validação de uma metodologia analítica para a detecção e quantificação da Amoxicilina em músculo, por LC-MS/MS
Andreia Alexandra Ribeiro Freitas

Dissertação para obtenção do grau de mestre em Química
Júri
Presidente: Prof. Doutor Pedro Paulo de Lacerda e Oliveira Santos Orientadores: Prof.ª Doutora Maria Amélia Loureiro dos Santos Seabra Doutor Jorge Manuel da SilvaBarbosa Vogais: Prof.ª Doutora Maria Matilde Soares Duarte Marques

Outubro de 2008

Agradecimentos

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer ao Doutor Jorge Barbosa, pela oportunidade e pelo incentivo à execução deste mestrado, assim como por toda a disponibilidade e pelo apoio dispensado ao longo deste trabalho.

Agradeço à Prof.ª Doutora Maria Amélia Seabra pelo acompanhamento e pela ajudadispensada, mostrando-se sempre disponível na partilha de conhecimentos.

Um agradecimento a todos os colegas que trabalham diariamente comigo no Laboratório Nacional de Investigação Veterinária, os quais me ajudaram na execução de toda a parte experimental, em especial à Doutora Maria da Luz Ferreira, à Eng.ª Isabel Carvalho e à D. Fernanda Tavares.

Ao meu marido, aos meus pais e à minhairmã, agradeço o apoio, o encorajamento e a compreensão incondicional que sempre me demonstraram.

A todos aqueles que, não estando aqui mencionados, de alguma forma me apoiaram na realização deste mestrado.

2

Resumo
A amoxicilina é um composto farmacologicamente activo com propriedades antimicrobianas, pertencente ao grupo das penicilinas. Este composto é um dos mais importantes da classe aque genericamente se dá o nome de antibióticos beta-lactâmicos. A par com outras penicilinas semi-sintéticas, a amoxicilina foi desenvolvida com o intuito de aumentar o espectro de acção antimicrobiano, tendo em conta os compostos que existiam. Eficaz contra bactérias grampositivas e gram-negativas, revela-se mais resistente ao tracto gástrico, demonstrando, portanto, uma maior absorção quandoadministrado por via oral, comparativamente com as penicilinas naturais. Dadas as suas propriedades farmacológicas e farmacocinéticas, a amoxicilina é muito utilizada em medicina humana e medicina veterinária. Neste último caso, o seu uso pode ultrapassar os limites da terapêutica e chegar a ser administrada com a finalidade de promover o crescimento de animais em produção intensiva. Uma vez que autilização deste composto, embora permitida, estando estabelecido limite máximo de resíduo (LMR) em músculo de 50 µg/kg, encontra-se sujeita a restrições, torna-se necessário controlar a sua boa aplicação por parte dos produtores, para defesa dos consumidores. Este estudo centrou-se no desenvolvimento e na validação de uma metodologia analítica, por cromatografia líquida acoplada a espectrometria demassa sequencial (LC-MS/MS), para a detecção e quantificação da amoxicilina em músculo, de acordo com os critérios estabelecidos pela União Europeia. Foi igualmente efectuado um estudo de estabilidade do composto, de forma a conhecer as condições em que ocorre a sua degradação e, a partir daí, caracterizar os principais produtos assim originados. Os objectivos propostos foram concretizados,obtendo-se um método validado de acordo com os requisitos da União Europeia. O limite de detecção (LD) do método é de 5 µg/kg e o limite de quantificação (LQ) é 8 µg/kg. Relativamente ao limite de decisão (CCα) e à capacidade de detecção (CCβ) para a amoxicilina, estes são, respectivamente, de 56 µg/kg e 67 µg/kg.

Palavras-chave: Amoxicilina, LC-MS/MS, validação

3

Abstract

Amoxicillin isone pharmacological active compound with antimicrobial properties, an antibiotic of the penicillin’s group. This compound is one of the most important of antibiotic class usually called beta-lactams. Like the other semi-synthetic penicillins, the amoxicillin was obtained in order to get a broad – spectrum antibiotic. Effective against gram-positive and gram-negative bacteria, is more stable in...
tracking img