Teste de diagnostico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1557 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GABRIELA FELDMANN
NITCHA HUYER DIHL
RENATA SELLANI





TESTE DIAGNÓSTICO





ODONTOLOGIA E SOCIEDADE VI





CACHOEIRA DO SUL, DEZEMBRO DE 2010.

SUMÁRIO

SUMÁRIO 3
1 INTRODUÇÃO 4
2 OBJETIVOS 4
3 METODOLOGIA 4
4 DESENVOLVIMENTO 4
4.1 Avaliação do Teste Diagnóstico 6
4.2 Determinantes do Valor Preditivo 7
4.3 Coeficiente Kappa 9
4.4 Prevalência da Doença 9
4.5Variáveis Expressas de Forma ContÍnua 10
5 CONSIDERAÇÕES FINAIS 15
REFERÊNCIAS 16


1 INTRODUÇÃO

Um teste diagnóstico é um instrumento capaz de diagnosticar a doença com determinada precisão. Para cada teste diagnóstico existe um valor de referência que determina a classificação do resultado do teste como negativo ou positivo.
Uma prática comum na pesquisa médica é a busca de maneiras dedescrever o como e o quanto uma variável contínua ou categórica ordinal é capaz de classificar materiais ou indivíduos em grupos definidos. Um exemplo típico é encontrado nos estudos laboratoriais, onde deseja-se verificar o desempenho de um teste diagnóstico em classificar sujeitos como portadores ou não de determinada doença (MARTINEZ, LOUZADA-NETO, PEREIRA, 2003).
O presente trabalhoabordará o teste diagnóstico contemplando métodos, sua especificidade e sua importância na epidemiologia.

2 OBJETIVOS

Este trabalho visa a realizar uma revisão de literatura sobre Teste Diagnóstico.

3 METODOLOGIA

Para a realização deste trabalho, será realizada pesquisa na literatura existente e em artigos científicos disponíveis na internet.

4 DESENVOLVIMENTO

Ao fazer um diagnóstico,um clínico estabelece um conjunto de diagnósticos alternativos com base nos sinais e sintomas do paciente. Progressivamente ele reduz suas alternativas até chegar a uma doença específica.
Alternativamente, ele pode ter fortes evidências de que o paciente tem uma determinada doença e deseja apenas sua confirmação. Para chegar a uma conclusão final o clínico utiliza-se de testes diagnósticos:
exames de laboratório;
 exame clínico;
 questionário.
A reprodutibilidade é entendida como o grau de estabilidade exibido quando uma mensuração é repetida sob condições idênticas (J. M., Last, 1988). São sinônimos de reprodutibilidade: confiabilidade e precisão.
Processo de decisão clínica que se baseia, conscientemente ou não, em probabilidade. É realizado mediante um indicador ouvariável diagnóstica e um valor desse indicador (Ponto de corte) que classifica os indivíduos em duas categorias mutuamente excludentes.
Um teste diagnóstico é um instrumento capaz de diagnosticar a doença com determinada precisão. Para cada teste diagnóstico existe um valor de referência que determina a classificação do resultado do teste como negativo ou positivo. Um teste diagnóstico é consideradoútil quando ele identifica bem a presença da doença. Antes de ser adotado o teste deve ser avaliado para verificar sua capacidade de acerto. Esta avaliação é feita aplicando-se o teste a dois grupos de pessoas: um grupo doente o outro não doente. Nesta fase, o diagnóstico é feito por outro teste chamado padrão ouro.
Os resultados obtidos podem ser organizados de acordo com a tabela abaixo:RESULTADOS DE UM TESTE PARA PACIENTES DOENTES E NÃO DOENTES
TESTE
DOENÇA + - TOTAL
PRESENTE (D) A B A+B
AUSENTE (Ď) C D C+D
TOTAL A+C B+D N


DOENÇA PRESENTE (D) DOENÇA AUSENTE (Ď)
TESTE POSITIVO (T) A (VP) B (VN)
TESTE NEGATIVO (Ť) C (FP) D (FN)


1. Resultado Verdadeiro Positivo (VP) ⇒o teste é positivo e o indivíduo tem a doença.
2. Resultado Falso positivo (FP) ⇒o teste épositivo e o indivíduo não tema doença.
3. Resultado Falso Negativo (FN) ⇒o teste é negativo e o indivíduo tema doença.
4. Resultado Verdadeiro Negativo (VN) ⇒o teste é negativo e o indivíduo não apresenta doença.

4.1 Avaliação do Teste Diagnóstico

A validade de um teste diagnóstico pode ser avaliada através do cálculo da Sensibilidade e Especificidade, para o diagnóstico correto de um...
tracking img