Teorias administrativas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1045 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
3. Descrição Dos Métodos e Processos Em Uso Na Organização.

3.1 Apresentações sintéticas dos conceitos desenvolvidos pelas várias Teorias da Administração.


* Teoria da Administração Científica: Organizando o Chão de Fábrica
Surgiu no século XX com Frederick W. Taylor que preconizava a prática da divisão do trabalho, enfatizando tempos e métodos a fim deassegurar seus objetivos de máxima produção a mínimo custo, seguindo os princípios da seleção cientifica do trabalhador, do tempo padrão, do trabalho em conjunto, da supervisão e da ênfase na eficiência.

* Teoria Clássica da Administração: Organizando a Empresa
Liderada por Henri Fayol, enfocou a variável estrutura organizacional, definido em um conjunto de 06 funções: técnica,financeira, contábil, comercial, segurança e administrativa.
Para fayol esta função administrativa era constituída pelo POCCC (prever, organizar, comandar, coordenar e controlar).

* Teoria das Relações Humanas – Humanizando a Empresa
Teve como principal representante Elton Mayo, sendo considerada como uma reação e oposição aos conceitos pregados pela teoria clássica. Seuinteresse concentrou-se nas relações informais das pessoas na organização.
Aspectos importantes: necessidade de humanizar e democratizar, desenvolvimento das ciências humanas, idéias da filosofia pragmática e conclusões da experiência de Hawthore.

* Teoria Neoclássica da Administração – Definindo o Papel do Administrador
Seu principal representante foi PeterDrucker ele focava as variáveis: Tarefas, Estrutura Organizacional e Pessoas.
Características:

* Ênfase na prática da administração “valorização dos resultados concretos”.
* Reafirmação dos postulados clássicos que de certa forma é uma reação a teoria humanista.
* Ênfase nos princípios gerais da administração, tais como planejar, organizar, dirigir e controlar.* Ênfase nos objetivos e nos resultados, a estruturação e a orientação das organizações deveriam ser em função de seus objetivos e resultados.
* Ecletismo nos conceitos: Não estavam fechados a proposições de outras teorias.

* Teoria da Burocracia – A Base Para Abordagem Estruturalista ”WEBER”
A burocracia é uma forma de organização humana que se baseia naracionalidade, isto é, na adequação dos meios aos objetivos (fins) pretendidos, a fim de garantir a máxima eficiência possível no alcance desses objetivos.

* Teoria Estruturalista
Teoria na qual enfoca tarefas, ambiente e a estrutura organizacional, como um todo. Assim, relacionando a organização com o ambiente externo. São propostas tipológicas que facilitam essa analise ecomparação organizacional. Seu principal representante é Chiavenato. Também teve uma síntese, inspirada na teoria de Weber das abordagens clássicas e das relações humanas.
A teoria estruturalista então abre as organizações, correndo para uma visão de sistemas abertos.

* Teoria Sistêmica
A teoria sistêmica enfoca a variável ambiente. Alguns de seus principais representantessão: Katz, Kahn, Kast, Rosenzweig, Churchan.
Princípios da abordagem sistêmica:
- Expansionismo: a visão é focada no todo.
- Pensamento sintético: visão unificada das coisas.
- Teleologia: principio no qual, a causa é uma condição necessária, mas, nem sempre suficiente.
Dentro da abordagem sistêmica, encontramos asseguintes teorias:
- Tecnologia e administração (TI) – infra-estrutura;
- Teoria matemática da Administração – Racionalizando decisões;
- Teoria de sistemas – ampliando as fronteiras da empresa;
- Abordagem contingencial da administração (lida com imprevisto).

* Abordagem Contingencial da Administração (Lidar com imprevistos)....
tracking img