Teoria geral do processo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1533 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE NOBRE DE FEIRA DE SANTANA-FAN

CURSO: DIREITO

DISCIPLINA: FILOSOFIA DO DIREITO

DATA: 03/10/2011

ALUNA: ROSE MEIRE DAS MERCES



REALE, Miguel. Filosofia do direito. São Paulo: Saraiva, 1999.

Capítulo XXIX

MODALIDADES DE CONDUTA NO MUNDO DA ÉTICA



1. -CONDUTA RELIGIOSA




1.1 A conduta religiosa é sempre o reconhecimento de um valor que não tem a medida do humano;que transcende, portanto, a esfera de qualquer subjetividade, tanto a do sujeito que atua, como a da sociedade em que esta atitude se revela. (p.

1.2- A interpretação de alguns autores sobre o fenômeno religioso:

1.2.1- Fenômeno puramente sociológico;

1.2.2- Conduta ilusória;

1.2.3- Implica a inconsciente ou a voluntária divinização do social.

1.3- Salomon Reinachapresenta, por exemplo, a religião como sendo "um conjunto de escrúpulos que opõe obstáculo ao livre exercício de nossas faculdades".

1.4- (...) A sociologia e muito menos a sociologística logrou êxito em revelar o sentido do religioso, pois este se caracteriza pela exigência do transcendente, de algo que não se põe dentro da correlação sujeito-objeto, nem se resolve na dialética humana, inclusive naque denominamos "dialética de implicação e polaridade", caracterizada por não resolver um termo no outro.

1.5 - Ao analisar o problema da conduta religiosa, (...) somos seres destinados à morte, e é principalmente dessa consciência que surge o sentimento de transcendência, de dedicação ao não transitório, de carência do Eterno de que cuidamos descobrir no íntimo de nossa consciência, nasingularidade de nosso eu, abstração feita aqui da natureza e "racionalidade" de tal convicção.

1.6: Segundo Weber, "A conduta íntima", só é social quando orientada pelas ações de outros. Não o é, por exemplo, a conduta religiosa quando não é mais que contemplação, oração solitária etc...



2.0 - CONDUTA MORAL



2.1 Os homens não se vinculam em seu agir apenas por valores de transcendência. Hánecessidade de reconhecer que em certas formas de comportamento sentimo-nos ligados por nós mesmos. Quando a ação se dirige para um valor, cuja instância é dada por nossa própria subjetividade, está perante um ato de natureza moral.

2.2- O que distingue a conduta moral é esta pertinência da estimativa do sujeito mesmo que age. Até certo ponto, poder-se-ia dizer que, no plano da conduta moral o homemtende a ser o legislador de si mesmo. Nesse ponto destaca-se a interioridade da moral.

2.3 - A espontaneidade é considerada essencial no ato moral (...). Ninguém pode praticar um ato moral pela força ou pela coação. A Moral é incompatível com qualquer idéia ou plano de natureza coercitiva, quer de ordem física, quer de ordem psíquica.

2.4- A conduta moral se encontra no homem mesmo como instânciaque valora o agir e da pauta ao comportamento, já a conduta religiosa o homem se integra a medida de seu agir, a pauta de seu comportamento, ele não a pôs em si próprio ou em outro sujeito, mas em algo que admite ser transcendente ao elemento social.



3.0- CONDUTA COSTUMEIRA



3.1 Existem condutas que o homem segue em razão do que lhe dita a convivência social, sendo mais guiado pelos outros doque por si mesmo, mais se espelhando na opinião alheia do que na própria opinião, recebendo do todo social a medida de seu comportamento. Donde falar-se em Moral Social, na qual a força dos usos e hábitos é relevante.

3.2- A essência das regras costumeiras sobreleva a “conformidade exterior”, sendo importantes, pois ela situa o homem na sociedade, por sua maneira de ser e de conduzir-se, departicipar dos bens da vida, assim como em suas reações perante o mal sofrido, em sucessivos atos de participação.

3.3 - As regras de trato ou civilidade, social, certa nota dominante de exterioridade, porquanto a pauta do julgamento, a instância axiológica do agir, é mais dada pela pessoa dos outros do que por nossa própria pessoa.

3.4- Pode haver coincidência entre nossa sinceridade e nosso agir,...
tracking img