Teatro e criatividade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (715 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Imagens-de-si mesmo e atividades estético-criadoras: breves considerações
As relações estéticas (ou sensíveis) e criativas – que congregam razão, afetividade, corpo e desejo – possibilitam aosujeito estranhar a realidade vivida e, a partir desse distanciamento, produzir outra, mediada por novas significações que, uma vez apropriadas, podem contribuir para o redimensionamento e are-significação do próprio viver/existir bem como para a transformação das imagens de si mesmo.
A atividade criadora se estabelece como um modo de ação humana no qual se objetivam as relações e os processos desingularização dos sujeitos. Como atividade contextualizada – marcada pelas idiossincrasias de sujeitos que, no processo, se interpelam, e pelas demais vozes sociais envolvidas, sejam silenciosas ounão, amalgamadas ou claramente distinguíveis – a atividade estético-criadora é sempre uma ação social, fruto de sujeitos inexoravelmente sociais que, inseridos historicamente em uma cultura,singularizam-se continuamente no movimento de apropriação dos modos coletivos nela existentes. Essa apropriação se dá mediada pela linguagem, ou seja, por processos de significação plurais, contraditórios epolissêmicos que possibilitam sua constituição.
Atividade criadora é, portanto, atividade em que se recria a própria realidade e o sujeito criador, ambos social e históricamente produzidos. Nessaperspectiva, considerase que a relação com um outro é fundante do próprio sujeito, a existência de um eu só é possível via relações sociais e, ainda que singular, é sempre e necessariamente marcada peloencontro permanente com os muitos outros que caracterizam a cultura (Zanella, 2005).
Falar de imagem de si mesmo, portanto, requer a reflexão sobre a imagem que o outro faz do sujeito e que lheapresenta, sendo esse outro considerado não necessariamente um outro identificável, reconhecível, mas o outro da cultura. Mídia, ciência, outros anônimos ou não, todos, de certa forma, participam da...
tracking img