Tarcisio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 78 (19276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL CURSO DE EGENHARIA DE PRODUÇÃO PERFURAÇÃO E COMPLETAÇÃO DE POÇOS

Completação de Poços
André da Costa Bruno Castelo Débora Nascimento Flávia Fonseca Gregório Lima da Cruz Gustavo Klein Gustavo Mousinho Luiz Felipe Ferreira Calfa Pablo Seuanez Salgado Vanessa Bandeira Dias

Rio, 5 de Dezembro 2000

Objetivodo Trabalho
O presente trabalho refere-se à segunda metade da disciplina de Perfuração e Completação ministradas como parte integrante da nova ênfase de Petróleo e Gás criada pela UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Devido à recente incorporação, ao programa de Engenharia de Produção, das supracitadas ênfase e disciplina, está última encontrava-se desprovida de uma bibliografiabásica, problema o qual esta apostila procura solucionar. Além disso, permitiu que os alunos se aprofundassem nos assuntos relativos à completação de poços de uma maneira mais aprofundada durante a realização do trabalho, agregando aos conhecimentos adquiridos na sala de aula. A apostila baseou-se em inúmeros trabalhos realizados a cerca dos temas aqui abordados e nas aulas ministradas aolongo do curso.

2

Índice
1 - Tipos de Completação.............................................................4 1.1 - Categorias Básicas de Completação ...............................................................4
1.2 - Seleção do Tipo de Completação e Critérios de Design .................................9

2 - Operações de Cimentação na Completação..........................12
2.12.2 2.3 - Tipos de Cimentação......................................................................................12 - Objetivo das Operações com Cimento...........................................................13 - Técnicas Operacionais....................................................................................16

3 - Avaliação da Cimentação ePerfilagem.................................31
3.1 3.2 3.3 3.4 3.5 3.6 3.7 3.8 3.9 3.10 3.11 3.12 3.13 - Introdução.......................................................................................................31 - Objetivo da perfilagem sônica........................................................................32 - Aderência doCimento....................................................................................32 - Movimento Ondulatório.................................................................................34 - Perfis Sônicos.................................................................................................38 - CBL: Cement Bond Logging.........................................................................40 - VDL: Variable DensityLogging....................................................................41 - Revestimento Livre........................................................................................42 - Revestimento Cimentado...............................................................................42 - Sinais do Fluido..............................................................................................43 - InterpretaçãoQualitativa do Perfil CBL/VDL...............................................43 - Perfil Ultra-sônico..........................................................................................44 - Cuidados na Perfilagem Sônica......................................................................46

4 - Canhoneio..............................................................................47
4.14.2 4.3 4.4 4.5 4.6 4.7 4.8 4.9 - Introdução.......................................................................................................47 - Processo..........................................................................................................47 - Vantagens.......................................................................................................47 -...
tracking img