Tanatologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2207 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
A palavra tanatologia vem de Thanatos, deus grego da morte, irmão do “Sono”. A expressão “logia” vem de logos, saber, estudo. Sendo assim, uma definição possível para a Tanatologia seria a de ciência que estuda as atitudes que o homem tem diante da morte e do morrer (processo de morrer). Atitude implica também em “pensamento”, “subjetividade”, “arte”, “cultura”, “religião”,“literatura”, “comportamento”. Assim, a Tanatologia se interessa por todas as ações, atitudes e representações que o homem realiza quando elabora questões relacionadas à morte e o morrer. Convém destacar que, entre as muitas atitudes diante da morte e do morrer, o medo é sem dúvida a mais comum. Para o trabalhador de saúde esse é um aspecto muito importante, ajudando a entender porque, muitas vezes, é tãodifícil manter uma comunicação saudável com um doente fora de possibilidades terapêuticas (cuidados paliativos).

CONCLUSÃO
A morte é um tema que não tem uma única definição, pois ela varia de acordo com a crença, valores e visão do mundo que cada um trás consigo. Ela é um acontecimento diário e ao mesmo tempo um acontecimento que nem todos gostam de aceitar.
A tecnologia, avanço na ciência ajudao homem a colocar uma venda no olho para essa realidade que trás sofrimento e muita tristeza. Pois é através dos aparelhos criados que conseguimos em alguns casos, “burlar” ou enganar a morte, porém em outros casos como, em pacientes terminais apenas conseguimos dar uma qualidade melhor de vida para o paciente, nesse pequeno tempo de vida que lhe resta.
Deve ser lembrar sempre que nessepercurso rumo à morte, não se deve dar apoio apenas ao paciente, mas também para a sua família, que sofre tanto quanto ou até mais que o próprio paciente.
Trata-se de um acontecimento medonho, pavoroso, um medo universal, mesmo sabendo que o homem é capaz de dominá-la em vários níveis (KUBLER-ROSS, 1985).- Epígrafe

Morte e o processo de morte:
A vida é o bem mais precioso que existe, sendo assim, aofalar da morte, reações de aversão são desencadeadas devido à incapacidade do homem de representar psiquicamente a finitude da vida. É um dos enigmas da existência humana e, portanto, um tema muito estudado.
Ninguém chegou a uma conclusão sobre o que é morte, porém sabemos que para a sua aceitação existe cinco estágios que são comuns para a maioria das pessoas que passam a lidar com a perda, oluto e a tragédia, como por exemplo, paciente que apresenta uma doença terminal.
O Modelo de Kübler-Ross propõe uma descrição destes cinco estágios.
Estes estágios popularizaram-se e são conhecidos como Os Cinco Estágios do Luto (ou da Dor da Morte, ou da Perspectiva da Morte).

Os estágios são:
Negação e isolamento: "Isto não me está a acontecer.”.
A Negação e o Isolamento são mecanismosde defesas temporários do Ego contra a dor psíquica diante da morte. A intensidade e duração desses mecanismos de defesa dependem de como a própria pessoa que sofre e as outras pessoas ao seu redor são capazes de lidar com essa dor. Em geral, a Negação e o Isolamento não persistem por muito tempo.

Raiva: "Como é que isto me aconteceu?”.
Por causa da raiva, que surge devido à impossibilidadedo Ego manter a Negação e o Isolamento, os relacionamentos tornam-se problemáticos e todo o ambiente é hostilizado pela revolta de quem sabe que vai morrer. Junto com a raiva, também surgem sentimentos de revolta, inveja e ressentimento.
Nesta fase, a dor psíquica do enfrentar a morte manifesta-se por atitudes agressivas e de revolta; - porque comigo? A revolta pode assumir proporções quaseparanoides; “com tanta gente má para morrer porque eu, eu que sempre fiz o bem, sempre trabalhei e fui honesto…”.
É importante neste estágio, haver compreensão dos que rodeiam o doente, sobre a angústia transformada em raiva na pessoa que sente interrompidas as suas atividades de vida pela doença ou pela morte.

Barganha: "Deixe-me viver até eu ver o meu filho com o curso acabado.”.
Tendo...
tracking img