Antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1536 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
População e Costumes da Bolívia
Com 6,5 milhões de habitantes trata-se de um país super povoado. Quase 70% dos bolivianos moram no Planalto; os indígenas estão muito acostumados com as terras altas e temen pela sua saúde caso desçam para outros lugares. Entre 60 e 65 % da população é indígena, enquanto que 35% é mestiça e um insignificante 1% de raça preta, descendentes de escravos. No paíshabitam mais de 30 diferentes grupos étnicos, sendo os mais numerosos os quechuas, aymaras e tupi guaranis.
O espanhol é falado principalmente nas cidades (Santa Cruz, Beni, Pando, Tarija Cinti e Chichas) e no Oriente.
Religião
Os bolivianos são profundamente católicos, porém existe liberdade de culto. O folclore é um dos mais originais da América do Sul, fruto do encontro entre diferentesculturas. A música andina deu-se a conhecer mundialmente pela difusão da quena, o pinkiilho, a tarka, o sicu e outros instrumentos de vento, sem esquecer a famosa diablada de Oruro.
As danças crioulas ou mestiças surpreendem pela incorporação de elementos da Europa renascentista e dos bailes da corte. O Carnaval de Santa Cruz é o acontecimento folclórico mais importante do país.
Ainda conserva-se aindumentária tradicional da região andina. As mulheres mestiças das cidades levam uma elaborada vestimenta de rico colorido, ressaltando o mantão de manilha e o chapéu borsalino.
A população indígena, dependente em grande medida do seu próprio engenho, tem desenvolvido uma notável riqueza quanto ao artesanato.
Para o povo boliviano, principalmente os índios, a dança é uma necessidade vital, além designificar um lado místico. eles "dançam quando estão alegres, ou quando estão tristes, por vontade própria ou por mando de suas autoridades".
Estas pessoas têm encontrado na dança estímulo para continuar vivendo e consolo para suas inumeráveis tristezas. Não é raro encontrar também indígenas dançando seja por motivos de casamento, batismo ou enterro.
As danças folclóricas tem raízes muitoprofundas na cultura kolla (o canto é o fator principal desta cultura); lamentavelmente são escassos os antecedentes que podem servir para contá-la.
Nas reuniões privadas onde se celebra alguma festividade, nota-se um caráter pouco expansivo. As danças que tem lugar nas solenidades religiosas, os índios levam disfarces e adornos caprichosos: alguns têm uma máscara que representa o rosto de algumanimal.

As danças são uma parte muito importante das cerimônias nas quais hoje em dia, se venera a mãe da terra. Em toda a zona andina, mesmo com formas diversas, existem muitos rituais; mas com o mesmo significado: ritos de fertilidade e sacrifícios de agradecimento a Pachamama (deusa). Música e dança sempre vão juntos.
Idiomas
Os idiomas falados na Bolívia são o espanhol, o quechua, o aymara eo tupi-guarani
Economia Boliviana
A folha da coca
Um dos produtos da terra boliviana que mais caracterizou sua cultura desde tempos imemoriais é a folha da coca. A deusa inca do amor estava representada com folhas de coca nas mãos.
A lenda conta que Manco Capac, filho do deus Sol, teve uma aparição mística na Ilha do Sol do Lago Titicaca e trouxe a divina folha, que acalma a fome e dá forçaaos fracos. No começo a coca estava destinada às famílias privilegiadas e tinha um significado religioso, porém nos tempos da conquista a sua utilização já estava difundida entre os indígenas, e os segurava durante longos períodos de trabaho esgotador em durissimas condições de escravatura.
As folhas da coca mascam-se com cinzas de outras plantas. O suco extraido produz uma sensação do bemestar,brinda um alto grau de insensibilidade à fome, fatiga e dor, e indiferença perante às penúrias e a angustia.
Os espanhóis aprenderam rapidamente que a coca era um estimulante perfeito para incrementar a eficácia dos peões indígenas e promoveram a sua utilização. Em consequência introduziram plantações comerciais no território todo.
Borracha
Durante o apogeu do extrativismo da...
tracking img