Teorias da origem do estado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2804 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ

CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO

DIRETORIA DE GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA













ALEX SOARES DUARTE

TEORIAS DA ORIGEM DO ESTADO E SEUS TEÓRICOS















CORNÉLIO PROCÓPIO

2012

ALEX SOARES DUARTE













TEORIAS DA ORIGEM DO ESTADO E SEUS TEÓRICOSTrabalho sobre as teorias da origem do estado e seus teóricos, da disciplina SOCIOLOGIA E POLÍTICA 1, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.


Orientador: Prof. Mario Mansano














CORNÉLIO PROCÓPIO

2012



sumário



1 introdução 03
2 Teorias da origem do estado 04
2.1 aTEORIA DA Origem familiar 04
2.1.1 Patriarcal 05
2.1.2 Matriarcal 05
2.2 A TEORIA DE ORDEM PATRIMONIAL 05
2.3 A TEORIA DA FORÇA 06
2.4 A TEORIA DE ORDEM RELIGIOSA 06
3 PRINCIPAIS TEÓRICOS SOBRE A ORIGEM DO ESTADO 08
3.1 THOMAS HOBBES 08
3.2 JOHN LOCKE 09
3.3 J.J. ROUSSEAU 10
3.4 ARISTÓTELES 11
3.5 HUGO GROTIUS 12
3.6 BENEDITO SPINOZA 12
3.7 EDMUNDO BURKE 13
4 Conclusão 14REFERÊNCIAS 15











1. introdução

Um Estado é uma comunidade política organizada sob um governo. A denominação Estado também é empregado para estados federados que são membros de uma união federal, que é o estado soberano. Alguns estados estão sujeitos a soberania externa ou hegemonia onde a soberania final reside em outro estado.2. teorias da origem do estado

Várias teorias já foram propostas para explicar a origem do Estado. Alguns filósofos afirmam que o Estado é o resultado de um contrato social ou um acordo entre o povo e o soberano. Há outros que acham que ela é o resultado direto da força.
Há ainda um outro conjunto de filósofos que afirmam que oEstado é uma imagem ampliada da família. Todas essas teorias, no entanto, são mutiladas e falaciosas e têm pouca verdade nelas.
Para resumir, a origem do Estado não pode ser atribuída a um único fator de um período definido. A teoria histórica diz respeito ao estado como um produto da evolução histórica lenta que se estende por um longo período. Vários fatores têm contribuído para o seudesenvolvimento. Estes podem ser discutidos como se segue:





1 A TEORIA DA ORIGEM FAMILIAR

O instinto social do homem foi complementado por parentesco ou relação consanguínea. As primeiras organizações humanas foram baseadas no parentesco ou relação de sangue.
O homem foi se unindo em clãs e grupos, as pessoas que tiveram a sua origem de um ancestral comum viveramjuntos em unidades sociais. Aqueles que não tinham a mesma ascendência foram tratados como inimigos. Ainda hoje, vemos várias castas e sub-castas.


Há uma controvérsia entre os pensadores políticos, como qual era a organização social nas idades primitivas. Alguns filósofos afirmam que as antigas organizações sociais eram matriarcais, outros afirmam que eram patriarcais.


1 PatriarcalPatriarcal é um sistema social no qual o homem, chefe de família, é a autoridade máxima dessa organização social. O pai tem a autoridade sobre a mulher, filhos e a propriedade. Esse sistema implica em uma instituição onde o homem é privilegiado e a mulher é uma subordinada.
Muitas sociedades patriarcais passam o seu poder e domínio para seus descendentes homens e o homem maisvelho, chamado de ancião, detém a autoridade.





2 Matriarcal

No sistema matriarcal as mulheres, especialmente as mães, tem o poder central da liderança política, moral e da propriedade.





2 A TEORIA DE ORDEM PATRIMONIAL

Esta teoria, de certo modo, afirma que o direito de propriedade é um direito natural, anterior ao Estado.
O Estado feudal, da...
tracking img