Suinos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4487 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
L

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

MADEIRA

GOVERNADOR VALADARES, NOVEMBRO DE 2011

Introdução:
Desde os primórdios ate os dias de hoje considera-se a madeira como uma matéria prima industrial de múltiplo aproveitamento, sendo essa de suma importância a ser empregada na construção civil. A madeira, depois dos aços, é o segundo material mais utilizado na construção civil, podendo serutilizada em fundações, estruturas, pavimentos, coberturas, vedações e revestimento. Esse material apresenta um conjunto de características técnicas, econômicas e estéticas dificilmente encontradas em outros materiais, sendo estas:
* Resistência mecânica a compressão e a tração
* Resistência mecânica elevada, superior ao concreto e com peso próprio reduzido
* Permite absorver impactos queoutros materiais não seriam capazes de suportar
* Apresenta bom isolamento térmico e absorção acústica
* Facilidade de aperfeiçoamento e simplicidade de ligações
* Custo reduzido de produção
* Infinidade de padrões estéticos e decorativos
No entanto este material apresenta não tem sido tão empregado na construção como ele poderia ser devido à falta de processos de beneficiamentoque poderiam anulas suas características negativas, como:
* Degradação de suas propriedades e surgimento de tensões internas (decorrentes da alteração da umidade), anuladas pro processos de secagem artificial controlada
* Deterioração, controlada por tratamentos de preservação
* Limitação de suas dimensões, resolvido por processos de transformação de laminados e aglomerados de madeirasApesar dos dados acima relacionarem a madeira a construção civil, este material devido a suas múltiplas possibilidades de aproveitamento como matéria prima industrial, pode ser utilizado de outras formas. Normalmente na produção de combustível (apesar de seu fraco potencial calorífico de 4500 cal/kg) e papel, raiom e plásticos através da celulose.

Objetivo:
O presente trabalho tem comofinalidade aprofundar os conhecimentos sobre madeiras como materiais de construção e transmitir os mesmos aos demais alunos, tendo em vista enfatizar suas características, sua aplicabilidade na construção civil e demais formas de utilização do material como matéria prima industrial.

Origem e Classificação das Madeiras:
Classificação das arvores:
Madeira e o produto direto do lenho das arvores earbustos lenhosos. Todas as suas características como matérias são decorrentes de sua origem e das alterações que seus respectivos tecidos lenhosos apresentam.
Botanicamente as madeiras pertencem ao ramo das fanerógamas: vegetais completos com raízes, caule, copa, folhas, flores e frutos. Classificadas de acordo com sua germinação e crescimento em:
* Endógenas - Germinação interna.Desenvolvimento do caule de dentro para fora, sendo a parte externa do lenho mais antiga e mais endurecida, tendo como exemplo palmeiras e bambus.
* Exógenas – Germinação externa. Desenvolvimento do caule de fora para dentro com adições de anéis de crescimento, estando divididas em Gimnospermas (não produzem frutos e tem seu lenho de madeira mais branda. Sendo 35% das espécies conhecidas) e Angiospermas(Abrangem 65% das espécies conhecidas. Conhecidas como madeiras de lei na construção civil).

Fisiologia e Crescimento das Arvores:
Casca – Tem a função de proteger o lenho e ser o veiculo da seiva elaborada das folhas para o lenho do tronco, tendo como principais agentes:
* Cortiça – Protege os tecidos mais novos das intempéries
* Líber – Meio por onde desce a seiva que foi elaborada nasfolhas
Cambio – É constituído pelo tecido meristemático e é onde ocorre a transformação dos açúcares e amidos em celulose e lígnea. Através desatas constantes transformações nota-se a o aparecimento dos anéis de crescimento da planta.
Lenho – Núcleo de sustentação e resistência da arvore.

Composição química das Madeiras:
Compostas basicamente por holocelulose (60%) e lignina (25%), tendo...
tracking img