Starbucks caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1757 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Caso Starbucks

1. A Starbucks conseguiu, um pouco por todo o mundo, que os clientes pagassem até dez vezes mais pelo consumo de uma bebida de café, em relação aquilo que era habitual ser cobrado. Que factores explicam esta capacidade da empresa?

Devido à qualidade e reputação do café e serviços, o preço médio dos produtos Starbucks é bastante elevado.Isto acontece porque a empresa não se restringe a vender apenas um café, mas a venda da “Starbucks Experience”. Esta experiência relaciona-se com o facto dos clientes se encontrarem perante um ambiente único, sentindo-se satisfeitos (customer satisfaction) não só pelo consumo do café mas também por se sentirem bem acolhidos por todo o clima circundante.
Um dos motivos do grandereconhecimento da marca, relaciona-se com a conquista da lealdade dos clientes, esta por sua vez muitas vezes realizada pelos laços criados entre vendedor-cliente, que permitem a sua fidelização. Tal facto, é consequência do modelo de organização da Starbucks, centrado nas relações interpessoais, o qual é um principio chave muito valioso.
Por sua vez, isto está de alguma forma relacionadocom as estratégias de posicionamento adoptadas pela Starbucks, uma vez que se trata da forma como a empresa pretende que a marca que está a vender seja vista na mente dos consumidores, no seu caso, de forma bastante preponderante.
Penso que no caso da Starbucks, a sua estratégia de posicionamento define-se pela sua distintividade e penso tratar-se de uma estratégia bastanteimpulsionadora uma vez que tenta definir o mercado de acordo com a sua perspectiva, desafiando as convenções e modelando-as para sua própria vantagem competitiva.
Na minha opinião, estamos perante uma core competence da Starbucks uma vez que se trata de uma competência estratégica, única e disntintiva que contribui de modo notável para o valor “atribuído” pelo cliente à própria organização eàquilo que consome, diferenciando assim a empresa dos seus concorrentes.


2. As lojas Starbucks tendem a estar localizadas em locais específicos, com características bem determinantes. Que locais são estes e qual a lógica subjacente a esta escolha?

A estratégia de alargamento de mercado utilizada pela Starbucks não passa apenaspela sua expansão geográfica, mas sobretudo pela diversificação dos mercados ao aderir a novos canais de distribuição.
O desenvolvimento do seu mercado, centra-se não só pela sua expansão a nível internacional mas pelo alargamento do seu target a novos segmentos de mercado e consequentemente, novos utilizadores uma vez que os produtos passam a ser comercializados sobretudo em áreasurbanas e em aeroportos, hóteis, supermercados, livrarias, Internet...
Esta estratégia, alarga de forma estrondosa o target associado à empresa e expande o segmento de mercado, pois dá a conhecer o produto a um muito maior leque de pessoas que anteriormente, ou por falta de curiosidade, tempo, ou por outras questões, nunca o tenham experimentado.


3.Em que é que se diferencia uma loja Starbucks de uma vulgar cafetaria ou café?

A Starbucks não vende cafés, vende experiências. E por esse motivo todo o ambiente envolto das lojas é feito de forma a criar essa experiência.
Os clientes que frequentam a loja procuram um clima muito diferente das outras cafetarias convencionais. Trata-se da sensação decomunidade entre as pessoas, o ambiente romântico, a música, a conversa. Todo o espaço é propício para que um simples “ir beber café” se torne bem mais do que isso. Para além disso há ainda a salientar que os cafés são de elevada qualidade, e todas estas coisas interligadas possibilitam aos clientes escapar um pouco da azáfama do dia-a-dia, uma vez que a cafetaria pretende que os clientes no...
tracking img