Solubilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1778 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
 Introdução
A solubilidade de um soluto é a massa do soluto que pode ser dissolvida numa certa quantidade de solvente a uma determinada temperatura. Usualmente, a solubilidade é expressa em gramas de soluto por 100 mL (100 cm³) ou por 100 g de solvente a uma dada temperatura .A interação entre um soluto e um solvente determina quanto soluto pode se dissolver. Assim, num solvente particular comoa água, a natureza do soluto é um fator chave para determinar a solubilidade. Os solutos cujas moléculas são mais fortemente atraídas pelas moléculas de água tendem a se dissolver mais facilmente neste solvente.Para a maioria dos solutos, existe um limite em relação à quantidade que se pode dissolver num volume fixado de qualquer solvente. Este limite é denominado coeficiente de solubilidade, evaria dependendo da temperatura.¹ Quando se adiciona um sólido na água, por exemplo, uma parte deste soluto é dissolvida para formar uma solução. Se uma quantidade suficiente de soluto estiver presente, verifica-se que não se dissolve todo o soluto, mas obtém-se uma concentração máxima e constante da solução. A adição de mais soluto não altera a concentração da solução; o sólido adicionado não sedissolve, e se deposita no fundo do recipiente. Nesta situação, diz-se que o sistema chegou ao estado de equilíbrio dinâmico.As soluções são classificadas, em termos de quantidade de soluto dissolvido, em insaturadas, saturadas, esupersaturadas - ou sobressaturadas, como menciona REGER (et al, 1997). Soluções insaturadas são soluções nasquais existe soluto dissolvido em menor quantidade do que aquantidade máxima que pode ser dissolvida naquela determinada quantidade de solvente, a uma dada temperatura; uma solução saturada contém a máxima quantidade possível de soluto dissolvido em condições normais numa dada temperatura; uma solução supersaturada contém mais soluto dissolvido do que a quantidade limite de solubilidade do soluto. Este último tipo de solução pode ser obtida através de doisprocessos: um dos processos consiste em dissolver o soluto no solvente a uma alta temperatura (no caso dos sólidos), e depois resfriar a solução lentamente. Se o resfriamento for feito de modo adequado, o excesso de soluto continuará dissolvido. Outro processo para se obter soluções supersaturadas consiste em preparar uma solução saturada e deixar que parte do solvente evapore. Assim, a quantidadede solvente diminui, aumentando a concentração do soluto, consequentemente. Quando adiciona-se uma pequena quantidade de soluto puro à uma solução supersaturada, ocorre a rápida precipitação do excesso do soluto, formando um corpo de fundo. A precipitação continua até que a concentração diminua e a solução alcance a condição de equilíbrio.Nem todas as substâncias são solúveis (quando houveralguma referência de solubilidade, o solvente referido, neste trabalho, será a água). Alguns compostos são considerados apenas ligeiramente solúveis; outros, por sua vez, se dissolvem em grau tão pequeno que são considerados insolúveis. Por conseguinte, partículas de um composto insolúvel têm maior atração entre si do que entre as moléculas do solvente . A tabela 1, abaixo, apresenta a solubilidade doscompostos. Esta tabela também contém dados sobre as exceções, compostos que fogem à regra de solubilidade dos grupos aos quais pertencem:



OBJETIVO
Identificar materiais a partir de sua solubilidade, e definir a diferença entre materiais solúveis e insolúveis.

PARTE EXPERIMENTAL
- Estante com 10 tubos de ensaio; - Provetas
- Béquer;- Pipetas
- H2O; - Pissetas
- Éter etílico; - Espátula
- Solução de NaHCO3 a 5%
- Solução de NAOH a 5%
- Solução de HCl a 5%
- Ácido sulfúrico concentrado;
- Ácido fosfórico 85%
Colocou 0,2ml de soluto, amostra de soluto, em tubo de ensaio limpo e seco e...
tracking img