Solubilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1236 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de agosto de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIDADE INTEGRADA SESI/SENAI









MANUTENÇÃO DO ESTADO DE EQUILÍBRIO E DESLOCAMENTO DO EQUILÍBRIO













NIQUELÂNDIA – GO
2011
UNIDADE INTEGRADA SESI/SENAI







MANUTENÇÃO DO ESTADO DE EQUILÍBRIO E DESLOCAMENTO DO EQUILÍBRIO











GABRIELA PEIXOTO
LUIZA THAMIRES


NIQUELÂNDIA – GO
2011
INTRODUÇÃO

Equilíbrio químico é a parteda físico-química que estuda as reações reversíveis e as condições para o estabelecimento desta atividade equilibrada. Qualquer sistema em equilíbrio representa um estado dinâmico no qual dois ou mais processos estão ocorrendo ao mesmo tempo e na mesma velocidade. As reações da química analítica, as reações na natureza e os principais processos industriais de produção de substâncias são em suamaioria reversíveis, ou seja, desenvolvem-se ao mesmo tempo e em direções opostas. Assim são, por exemplo, a síntese da amônia e do ácido sulfúrico, a solução saturada de carbonato de cálcio e o equilíbrio do ozônio estratosférico com o oxigênio comum. A causa do estabelecimento do equilíbrio químico é a nivelação das velocidades da reação direta (para a direita) e a da inversa (para a esquerda) quese realiza como conseqüência das mudanças de concentração das substâncias. Duas condições são fundamentais para que se estabeleça o equilíbrio químico: que o sistema esteja fechado e que a temperatura e pressão permaneçam constantes.
Deslocar um equilíbrio químico significa fazer que a velocidade da reação direta fique diferente da velocidade da reação inversa (v1 v2). 
O deslocamento daequilíbrio químico é um artifício largamente utilizado nos processos industriais para melhorar a obtenção de determinadas substâncias. 
Exemplo: Síntese de Haber–Bosch – É a produção da amônia à altíssima temperatura de 500°C, altíssima pressão de 200atm e na presença de ferro como catalisador.  Princípio regedor do deslocamento do equilíbrio químico: Princípio de Le Chatelier (Fugante a força). 
Asdiferentes formas de alterar um estado de equilíbrio para uma reação química têm uma coisa em comum:
Um sistema em equilíbrio responde a qualquer perturbação com uma alteração que tende a contrariar a perturbação a que foi sujeito.
De fato :
A perturbação aumento de concentração de um componente do sistema é seguida de consumo desse componente, até se atingir um novo estado de equilíbrio.
Aperturbação aumento de temperatura favorece a transformação em que há absorção de calor, o que tende a fazer diminuir a temperatura do sistema.
A perturbação diminuição de volume de uma mistura gasosa, com consequente aumento do número de moléculas por unidade de volume (e, assim, aumenta a pressão do sistema), é seguida da transformação no sentido em que diminui o número de moléculas (assim,tendendo a diminuir a pressão do sistema)
Objetivo

Observar o estabelecimento do estado de equilíbrio químico e o deslocamento de equilíbrio através de perturbações de sistema.

Materiais e Reagentes

Ácido nítrico concentrado
Banho maria
Gelo
Fio de cobre
Balão volumétrico 200mL
Cloreto de amônio
Solução de cromato de potássio 1%
Solução dicromato de potássio 0,5%
Solução de cloretoférrico 0,05M
Tiocianato de amônio
Solução de tiocianato de amônio 0,005M
Solução de hidróxido de sódio 0,5%
Solução de ácido clorídrico 5%
8 Tubos de ensaio
Estante para o tubo de ensaio
Pipeta volumétrica de 1mL
Espátula
Provetas de 50mL e 10mL
Pipeta graduada de 5mL

Procedimento

Parte 1: Obtenção do equilíbrio 2NO2 N2O4
Adicionou-se alguns pedaços de fio de cobre em balãovolumétrico e, com a pipeta volumétrica, adicionou-se 1mL de ácido nítrico. Em seguida, tampou-se o balão e deixou-se o gás se formar.
Após a manutenção do equilíbrio, coloque o balão dentro do recipiente com água gelada. Anotou-se o que aconteceu.
Retirou-se o balão da água gelada e colocou dentro do banho maria. Anotou-se o que aconteceu.

Parte 2: Verificação de deslocamento do equilíbrio
Em...
tracking img