Sistema terra lua

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1853 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
lua

ÍNDICE
1- Introdução pg.3
2- A Lua pg. 4-6
- o lado oculto pg.4
- estrutura externa pg.5
-estrutura interna pg.5 e 6
-fases da lua pg.6

3- A Terra pg.7-8
- tabela sobre informações principais pg.7
- formação da Terra pg.7
- composição rochosa pg.7
- caracterização da Terra no Sistema Solarpg.7
- estrutura da Terra pg.8

4- Interacções entre o sistema Terra-Lua pg.9

5- Conclusão pg.10

6- Conclusion pg.11

7- Bibliografia pg.12

INTRODUÇÃO

Estetrabalho foi desenvolvido na disciplina Biologia e Geologia. Nele, tentaremos compreender o porquê das interacções que existem entre a Terra e a Lua e também aprofundar o nosso conhecimento sobre outros corpos planetários.
Para além disso, ser-nos-á útil para trabalhos futuros, e ajudar-nos-á a entender de forma mais clara, a dinâmica do planeta em que vivemos e do seu satélite natural.
Tentaremosesclarecer todas as dúvidas que surgirem e dar a conhecer um pouco mais do mundo em que vivemos.

A LUA
A Lua é o satélite natural da Terra e é o corpo celeste que se encontra mais perto de nós, situando-se a uma distância de cerca de 384.405 km. A sua génese ocorreu à custa da Terra, durante os seus primeiros milhões de anos.
É o segundo astro mais brilhante no céu depois do Sol.Tem movimento de translação à volta da Terra, que demora 27.3 dias e durante este período gira uma só vez sobre o seu eixo.
Relativamente aos satélites dos outros planetas, a Lua possui uma dimensão excepcionalmente grande.

* O lado oculto
Visto da Terra, o satélite exibe sempre a mesma face (situação designada como acoplamento de maré, facto que gerou inúmeras especulações arespeito do teórico lado escuro da Lua, que na verdade fica iluminado quando estamos no período chamado de Lua nova.
O lado oculto da lua pode ser explicado por uma grande gama de forças e movimentos que fazem com que, da Terra, vejamos sempre a mesma face do nosso satélite natural. Resumidamente, podemos dizer que como a rotação e a translação lunares acontecem com duração igual.Lado visível e Lado não visível da Lua

* Estrutura externa
Como já foi referido a Lua tem grande dimensão quando comparada com outros planetas e satélites. Com vários programas e instrumentos espaciais foi possível recolher amostras do solo lunar e posteriormente estudá-los.
A Lua não tem atmosfera e apresenta, embora muito escassa, água no estado sólido (em forma de cristaisde gelo). Não tendo atmosfera, não há erosão e a superfície da Lua mantém-se intacta durante milhões de anos. É apenas afectada pelas colisões com meteoritos.
Através de imagens captadas da Lua é possível observar a existência de planícies escuras e claras. Os principais relevos da Lua têm nomes em latim. As superfícies escuras designam-se por “Mare”, que significa mar e as mais claras têm onome de continentes.
No entanto, estas designações não devem ser interpretadas com o mesmo significado que têm na Terra.
Os continentes são escarpados e constituídos sobretudo por feldspato, que reflectem cerca de 18% da luz proveniente do Sol. Ocupam a maioria da superfície lunar e apresentam um grande número de crateras de impacto.
Quanto aos mares, estes não possuem água e têm umaspecto escuro devido aos basaltos. A sua superfície é mais plana que a dos continentes e são mais abundantes na face visível que não oculta. Isso deve-se aos impactos menoríticos. Esses impactos tiveram grande importância na morfologia lunar, pois deles resultaram fenómenos de vulcanismo. A lava proveniente do interior lunar, ao arrefecer e consolidar à superfície origina os mares.

*...
tracking img