Serra catarinense

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NARA BEATRIZ PEREIRA ORCI
naraorci@terra.com.br
Advogada, Mestre em Direito Ambiental – UCS/RS


























O DESENVOLVIMENTO DO TURISMO RURAL COMO ALTERNATIVA DE MINIMIZAÇÃO DO ÊXODO RURAL NA REGIÃO DOS CAMPOS DE CIMA DA SERRA DO RIO GRANDE DO SUL

Resumo

O turismo rural é considerado como fator importante no processo cultural, econômico, social eprincipalmente da preservação do meio ambiente em comunidades. Dessa forma, o turismo rural torna-se uma alternativa para se obter o desenvolvimento sustentável, por conciliar a relação dicotômica entre preservação do meio ambiente e desenvolvimento. A região dos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul possui potencialidade para a aplicação desta modalidade geradora de emprego e renda, ondese observa o caminho inverso ao êxodo rural, com a população rural mantendo-se no campo, aliando sustentabilidade ambiental e econômica em suas propriedades. Destaca-se a redução do êxodo rural por conta de oportunidades de emprego, melhoria de renda, capacitação da população local para os serviços relacionados ao turismo, além do aumento da consciência conservacionista e da valorização dopatrimônio natural.

Palavras-Chave: Turismo rural. Êxodo rural. Desenvolvimento local.



THE DEVELOPMENT OF RURAL TOURISM AS ALTERATIVE MITIGATION OF THE RURAL EXODUS IN THE REGION OF CAMPOS DE CIMA DA SERRA DO RIO GRANDE DO SUL.

Abstract

Rural tourism, is considered as an important factor in the process cultural, economic, social and especially the preservation of the environment incommunities. Thus, rural tourism becomes a way to obtain sustainable development, to reconcile the dichotomous relationship between environmental preservation and development. The region of Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul has potential for application of this method of generating employment and income, where we observe the opposite way to the rural exodus, with the rural population remainingin the field, combining environmental sustainability and economical in their properties. We emphasize the reduction of rural exodus due to employment opportunities, income improvement, training of local people for services related to tourism, and increased awareness of conservation and enhancement of natural heritage.

Keywords: Rural tourism. Rural exodus. Local development.



IntroduçãoA degradação ambiental e a crise da sociedade do trabalho, e a conseqüente queda na qualidade de vida e aumento da desigualdade/exclusão social, estão a exigir uma discussão que aprofunde a articulação entre trabalho, meio ambiente e desenvolvimento econômico, pois se questiona até que ponto os recursos naturais e a humanidade suportarão o modelo hegemônico de produção, trabalho econsumo[1]
A partir dos anos 60, novos estilos de comportamento humano e modelos de sociedade ocorreram devido a manifestações de caráter cultural e político/ideológicas. Com isso surgiu a necessidade de novas formas de relacionamento do homem com a natureza. Esta tendência impulsionou o surgimento de propostas alternativas, voltadas para a natureza para valores étnico-culturais dasregiões.[2]
Neste período, pesquisas desenvolvidas sobre os ambientes naturais e ecossistemas de regiões intertropicais do planeta e a publicidade de seus resultados, começaram a despertar interesse pelo conhecimento desses destinos nas camadas sociais mais esclarecidas e interessadas pelo tema. Milhares de voluntários aventureiros empreenderam suas incursões em ambientes inóspitos e naturaisem busca de emoções especiais, tornando-se a geração pioneira, nos tempos contemporâneos dos milhões de apreciadores da natureza e ecoturistas da atualidade.
A partir da década de 70, fora do Brasil, a aquisição de propriedades com o intuito de lazer, além do simples relaxamento, passou a ser iniciativa regular, originando mercado alternativo, assim denominado na época. Por ele,...
tracking img