Semana 4 direito civil ll - estácio de sá

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (373 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Semana 4:
Caso Concreto 1
(CESPE – ABIN Oficial Técnico de Inteligência – 2010 – adaptada) A obrigação de dar coisa incerta apresenta um estado de indeterminação transitório. Certo ou errado?Justifique sua resposta.
Certo. Pois existe uma indeterminação transitória em relação ao objeto. Fundamentação: Art. 166 CC.
Caso Concreto 2
Pedro compromete-se com a confecção Radial, em razão de umcontrato de publicidade, a só aparecer em público utilizando as roupas pela empresa fornecidas. O contrato foi firmado pelo período de um ano e com remuneração mensal fixada em R$ 5.000,00 (cinco milreais). Com relação à cláusula proibitiva contida no contrato, identifique:
a. Accipiens e Solvens; Objeto Imediato e Objeto Mediato.

ACCIPIENS - Aquele que vai receber o pagamento (e que nemsempre é o credor) – Confecção.

SOLVENS - Aquele que vai pagar (e nem sempre é o devedor) – Pedro.

Objeto imediato: Prestação = Obrigação de fazer

Objeto mediato = Utilização das roupas. (É obem da vida, o que estamos acordando).

b. Imagine que no primeiro dia de vigência do contrato a empresa Radial não encaminhou as roupas a Pedro que, necessitando ir à farmácia, aparece em públicocom roupa não pertencente à empresa contratante. Pedro foi fotografado por importante revista de moda. Pode, nesse caso, a empresa contratante resolver o contrato alegando inadimplemento e ainda pedirperdas e danos? Justifique sua resposta.

Não. Pois a culpa foi da empresa. Art. 248 CC

Questão Objetiva
(OAB/PR - 2003) Assinale a alternativa INCORRETA:
a) Obrigação é a relação jurídica naqual um determinado sujeito se obriga a realizar uma prestação em favor de outro, e o conteúdo desta prestação não é necessariamente patrimonial, pois existem obrigações cuja prestação não é decaráter patrimonial.
b) Nas obrigações de dar a coisa certa, se esta se perder por culpa do devedor, este responderá pelo equivalente, mais perdas e danos.
c) A solidariedade não se presume; resulta...
tracking img