Schistosoma mansoni

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3437 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sofia Patrão Neves Alves Nº 36169

Schistosoma mansoni
Ciclo de vida
Mestrado em Biologia Humana e Ambiente

2011

Índice
1. 2. Introdução............................................................................................................................................. 3 Schistosoma mansoni........................................................................................................................... 4 2.1. 2.2. 2.3. Classe e distribuição geográfica ................................................................................................... 4 S. mansoni , Ciclo evolutivo ......................................................................................................... 5 Vermes adultos: Características morfológicas........................................................................... 10

2.3.1- Morfologia externa ................................................................................................................... 10 2.3.2- Morfologia Interna ................................................................................................................... 10 2.4.Esquistossomose......................................................................................................................... 13

3. Conclusão ............................................................................................................................................... 14 5.Bibliografia............................................................................................................................................. 15

2

1. Introdução
Schistosoma mansoni é um parasita do filo Platyhelminthes, pertence à classe Trematoda, e é o parasita responsável pela esquistossomose. A sua forma adulta é unissexuada; o macho menos comprido do que a fêmea e possui uma fenda longitudinal onde esta se aloja. São seres diplontes, com 8 pares de cromossomas e parasitam o homem e um molusco, o caracol do géneroBiomphalaria, sendo que o homem é contaminado ao entrar em contacto com as águas dos rios onde existem caracóis infectados. No momento em que S. mansoni, num estádio larvar designado cercária, abandona o caracol e penetra a pele intacta do homem, através da libertação de enzimas digestivas e de movimentos bruscos que ajudam a furar a pele, perdem a sua cauda e entram na corrente sanguínea. Depois dainvasão, passa pelo coração, alcança os pulmões e, posteriormente, chega ao fígado através da corrente sanguínea, desenvolvendo-se nesse órgão até chegar à fase adulta. Em seguida, os indivíduos adultos acasalados migram do fígado para o intestino, movimentando-se pela veia porta-hepática e instalando-se nas vénulas da parede intestinal. Aí permanecem constantemente acasalados, vivendo em médiadois anos. Cada fêmea pode produzir em média 300 ovos por dia. Destes, cerca de 20% caem no lúmen do tubo intestinal e são eliminados com as fezes.

3

2. Schistosoma mansoni
2.1. Classe e distribuição geográfica

A classe Trematoda a que pertence o parasita Schistosoma, é caracterizada pela ausência de aparelho respiratório e circulatório, de não possuírem cavidade geral (acelomados) eterem um tubo digestivo incompleto (sem ânus), não são segmentados mas possuem órgãos de fixação ao hospedeiro. A classe Trematoda está dividida em duas subclasses: Monogenea e Digenea, sendo que o parasita Schistosoma pertencem à subclasse Digenea (Michael Hutchins, 2003). Embora existam diversas espécies de Schistosoma,, a esquistossomose é essencialmente causada por três diferentes espécies detrematódeo: S. haematobium, S. mansoni e S. japonicum. Em relação à distribuição geográfica, S. haematobium é encontrada principalmente a Norte e Este de África, estendendo - se desde Marrocos até Algéria, Tunísia e Egipto, havendo um único foco em Portugal, a cidade de Tavira (Figura.1); S. mansoni é menos comum em África que S. haematobium, embora o Sul do Vale do Nilo seja uma zona especialmente...
tracking img