Resumo filosofos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2233 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PITÁGORAS (582-497 a.C.)- Apesar de seus estudos terem influenciado o pensamento de diversos outros estudiosos posteriores, Pitágoras não deixou nada escrito, o que dificulta a comprovação dos fatos atribuídos à sua vida. Para ele, o ato de filosofar fazia parte da vida do ser humano, era uma forma de crescimento moral, político e social. O homem deveria atingir a purificação e a imortalidadeabstendo-se de certos alimentos e praticando a contemplação do mundo. Na matemática, Pitágoras auxiliou nos estudos sobre os números, que para ele possuíam diversos significados, sendo “dez” um numero especial por representar a soma dos quatro primeiros números; contribuiu para as medidas aritméticas e geométricas, principalmente com o teorema de Pitágoras e, em cosmologia, com o teorema do fogocentral, em torno do qual a terra, o sol, a lua e os cinco planetas conhecidos até então giravam.

SÓCRATES (470-399 a.C.)- Pode-se afirmar que a base do pensamento socrático está na profissão de sua mãe que era parteira. Tal afirmação esta pautada no método de ensino desenvolvido por Sócrates de ‘’parto das idéias’’ ou maiêutico. Segundo este método, o discípulo (aluno) possuía um conhecimentoproveniente de suas experiências de vida, cabendo ao mestre (professor) estimulá-lo por meio de questões e instigações a organizar este conhecimento, direcionando-o à aquisição da sabedoria. O conhecimento poderia ter como origem de suas fontes distintas: os sentidos, relacionados ao corpo, e a razão responsável pelos conceitos universais, os quais permitiriam ao homem refletir sobre si mesmo e suaconduta.
Para Sócrates, o homem deveria ser estudado e educado dentro de seu contexto físico, político, social, moral e religioso, levando-o a ter atitudes pautadas no bem, que era o princípio básico do verdadeiro sábio. A sabedoria deveria ser útil, universal e de fácil comunicação. O verdadeiro conhecimento, aquele que gera a ciência, era o conhecimento de si mesmo, como a inscrição dos pórticosnos templos do deus Delfos: “Conhece-te a ti mesmo”. Através de um autoconhecimento o homem poderia chegar a uma melhoria em sua vida, daqueles com que ele se relaciona e da própria cidade. Ele acreditava no poder do diálogo e da retórica para a comunicação de idéias e compreensão do mundo. O homem era considerado por Sócrates o mais privilegiado dentre todos os seres, por possuir a capacidadeda razão, da ciência e da palavra.

PLATÃO (427-347 a.C.)- Discípulo de Sócrates, Platão teve como principal tema de seus estudos a política, posicionando-se como contrário à democracia praticada por seus governantes que, segundo ele, teria sido responsável pela derrota de Atenas no grande conflito com Esparta. Todas as suas idéias políticas estão expressas na obra Republica, onde ele defendeque deveria haver uma hierarquia dentro do governo, de modo que se dividi-se, de forma ascendente, operários, soldados e guardiães.
O bom político deveria ser preparado pra exercer o cargo de governante, buscando o interesse público, zelando pelo bem comum e geral, não atendendo apenas a questões particulares e parciais, por isso só os sábios poderiam governar.
Mas a idéia de que talvez tenhalevado Platão a se tornar tão conhecido, em todos os períodos da história e ainda nos dias atuais, é a teoria dos dois mundos. Para explicá-la Platão formulou uma alegoria intitulada O Mito da Caverna, na qual conta a história de um homem que, preso em uma caverna, tendo por companhia apenas uma fogueira, só vislumbra o mundo por meio das sombras que se projetavam na parede. Um dia, consegue selibertar e deixa a caverna, passando então a conhecer o mundo real que antes era representado apenas por sombras. Segundo Platão, o conhecimento humano é como o mundo das sombras ilustrado na alegoria: relativo, aparente e individual. O homem vive em um mundo sensível, onde tudo é uma cópia da realidade e não a verdadeira realidade, que estaria em outro mundo, o mundo das idéias (tópos noetós). No...
tracking img