Resumo aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (386 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Grupo 1 – da pag 13 a 21

-linguagem(terapeuta e paciente)

- psicologia é envolvimento

-terapeuta tenta cercar o fenômeno trazido, mas sempre sobre interferência da proximidade edistanciamento da cena

-singularidade x generalidade dos conceitos

-Nós transformamos o fenômeno em verdades absolutas. Se fizermos isso, o mapa confunde-se com território e perde a função

- Fazerciência com o mesmo assombro e indagação



Grupo 2 – da pag 23 a 34

- o que é do paciente tira do geral e passa para o singular

-o silencio e as pausas é significativo para cada um

- o mudo nãofaz silencio, para ser mudo tem que falar

- a traição só é vinda de quem somos fieis, e não do desconhecido

- quando se delega a confiança se delega a traição

- um novo jeito de pensar é umnovo jeito de viver



Grupo 3- da pag 35 a 48

- retomada do sonho ao inconsciente familiar. O sonho tem haver pro sonhador e não para o outro

- a maldição é uma verdade mal dita, pq é ditoalgo e a pessoa entende de outra forma, é uma verdade que ao ser dita em vez de mostrar, esconde. Porque ela fecha, soluciona a questão e não vir outros significados.

Grupo 4 – da pag 48 a 65FOI O GRUPO DO SINVAL NÃO ANOTEI NADA PQ NÃO ENTENDI O QUE ELE FALOU



Grupo 5- da pag 67 a NÃO SEI SRSRS

- a culpa e angustia são paralelos, só sentimos culpa se tivéssemos feito algo. E algoque vivemos no passado.

- Angustia e culpa faz parte do ser humano, angustia é não saber o que me espera o futuro, que muitas vezes o “ninguém” encobre. Se penso que tudo que pode acontecer meangustia

- culpa é ligada ao poder ser o que poderia ser feito de outro jeito

- A fenomenologia nós não nos prendemos a teorias, olhemos a totalidade

- O doente é aquele que precisa ser cuidado emuitas vezes ele chama a atenção, muitas vezes a pessoa não consegue pedir ajuda.



Grupo 6

- Muitas vezes procuramos quem somos nós nas teorias, religiões, o existir e procura, por isso...
tracking img