Resenha sagrado e profano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (612 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano - a essência de religião. São Paulo: Martins Fontes, 1999. Tradução: Rogério Fernandes.

Sagrado e Profano é uma obra escrita pelo escritor romeno MirceaEliade que abre a discussão acerca dos preceitos religiosos. Logo no inicio de sua obra, ele aborda a questão do titulo do livro, sagrado e profano, e quais são os fatores que definem estas categorizações.Para Eliade, o sagrado é tudo aquilo que é real e faz parte dos cosmos (cosmicizado). O autor propõe o termo hierofania para indicado o ato de manifestação do sagrado. Para explicar melhor otermo a ser aplicado ele diz que “(...)manifestando o sagrado, um objeto qualquer torna-se outra coisa, e contudo, continua a ser ele mesmo, porque continua a participar do seu meio cósmico envolvente.Uma pedra sagrada nem por isso é menos uma pedra; aparentemente (com maior exatidão: de um ponto de vista profano) nada a distingue de todas as demais pedras. Para aqueles a cujos olhos uma pedra serevela sagrada, a sua realidade imediata transmuda-se numa realidade sobrenatural. Por outros termos, para aqueles que têm uma experiência religiosa, toda a natureza é suscetível de revelar-se comosacralidade cósmica. O cosmos na sua totalidade pode tornar-se uma hierofania”
Já o profano é definido como tudo aquilo que não faz parte desta obviedade, ou seja, o que não está inserido nestacosmogonia. O autor diz que “É preciso acrescentar que uma tal existência profana jamais se encontra em estado puro. Seja qual for o grau de dessacratização do mundo a que tenha chegado o homem que optou poruma vida profana não consegue abolir completamente o comportamento religioso.”
Esta mentalidade, a qual cita no livro, é de uma sociedade arcaica que compreende que o mundo só pode ser conhecido evivido após saber a vontade do deus que reja aquela determinada sociedade. Para o autor, o ser humano é capaz de sacralizar tudo o que existe para que ele possa ser inserido neste mundo sagrado e em...
tracking img