Resenha - quem mexeu no meu queijo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Católica de Brasília
Comunicação Social – Jornalismo
Empreendedorismo em Comunicação
Stephany Q. Cardoso - UC09069722
Síntese do filme “Quem mexeu no meu queijo?”

Mesmo diferentes,todos temos metas a alcançar, nem que seja a possibilidade de viver tranquilo, sem meta alguma. O filme "Quem mexeu no meu queijo", baseado no livro homônimo de Spencer Johnson, trata dos percalços emudanças na busca por atingir tais metas na vida.
Os quatro personagens (dois ratinhos e os duendes Hem e Haw) vivem em um labirinto, e o percorrem em busca de queijo fresco. A trama é uma analogia àbusca cotidiana das pessoas por seus objetivos.
Os ratinhos são mais objetivos, tentam e persistem até encontrar o queijo. São como as pessoas mais simples, que não problematizam demais as metas e oscaminhos, mas buscam na prática até conseguirem, ou não.
Já os duendes são mais complicados, adicionam fatores emocionais e psicológicos aos fatos, e acumulam dificuldades ao caminho em busca por bensmateriais, ou por paz de espírito. Ao ter entre os dedos o toque do tão sonhado queijo, felicidade geral.
Mas as coisas na vida não são estáveis e imutáveis, a não ser a morte. Então, enquanto ospersonagens se deliciavam com o queijo, ele estragava e acabava, aos poucos. Os ratinhos, mais objetivos, logo percebem a mudança e partem sem chorumelas em busca de queijo novo. Assim como as pessoaspráticas que logo começam a agir para melhorar suas condições.
Mas os duendes, seres complexos, se emergem na frustração e lamentação, se esquecendo que para achar aquele queijo, tiveram um caminho apercorrer. Como quando perdemos algo na vida e minimizamos nossa capacidade de conseguir algo semelhante ou melhor.
O medo, sempre ele. Para ficar estático, basta se entregar ao medo do novo, dodiferente. Crianças (e muitos adultos) sofrem longos minutos por medo da picada de uma agulha, e olha que ela nem dói tanto assim. Não adianta negar aquilo que temos que enfrentar, cedo ou tarde a vida nos...
tracking img