Quem mexeu no meu queijo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4204 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo de gestão de pessoas 1
Cap 1 visão geral e evolução da gestão de pessoas
Diferenças entre organização e empresa
empresas podem ser publicas ou privadas somente
organização qualquer entidade social publica ou privada onde as pessoas interagem e se inter-relacionam para alcançar objetivos específicos
A ARH passa a ser GP que é considerada contingente esituacional pois mantém relação com o ambiente interno e externo da org , uma nova visão envolve não só as praticas e políticas (RH) mas também uma visão estratégica de pessoas que passam a ser parceiras e não mais recursos humanos,as pessoas passam a ser gerenciadas e não administradas
pessoas como recursos pessoas como parceiras
preocupação com normas preocupação com resultados
subordinaçãoa chefia foco no cliente interno e externo
ênfase na tarefa visão sistêmica
responsabilidade comprometimento
mão-de-obra capital intelectual
Evolução da ARH para gestão de pessoas
primórdio pessoas como recursos
psicologia industrial seleção e colocação do pessoal
ELTON MAYO 1924 experiências de hawthorne,considera os grupos formais e informais ate 1950/60
KURT LEWIN escola da dinâmicade grupo(grupo,influencias sociais e comportamento)
teoria comportamental ou Behavorista 1940 passa da forma prescritiva e burocrática para explicativa e descritiva ,procura melhoras a qualidade de vida nas org,procurando alinhar os objetivos dos trabalhadores e das org, apresenta com resultado o DO (desenvolvimento org), este modelo (1960) utiliza pesquisa e planejamento com estratégiaorganizacional
teorias organizacionais 1950 e 1968 sistêmica—visão da org como um sistema aberto (interno e externo)
contingencial —influencia externa do ambiente na org
As eras organizacionais
era industrial clássica logo após a revolução industrial,burocrática piramidal e centralizadora,ênfase na departamentalização ,padronização das pessoas sua meta era a eficiência as pessoas eram recursos eo RH atuava como conciliador entre a org e as pessoas
era industrial neoclássica após a segunda guerra,com a velocidade das mudanças, o mercado passou de local para regional e internacional,, a visão sistêmica ,multidisciplinar e holística passam a dominar a teoria administrativa , como nova concepção surge a ARH que trata as pessoas como recursos vivos e inteligentes e fatores determinantes desucesso,a tecnologia se desenvolve
era da informação 1990 dura até hoje ,tecnologia da informação integrada, a economia passa a ser globalizada,aumento da competitividade,o recurso mais importante é o conhecimento,as org exigem mobilidade e inovação,a estrutura da org baseia-se em equipes com foco nos negócios e resultados org,surge a org virtual foco no cliente interno e externo
Cap (1.1)gestão de pessoas no Brasil
1890 a 1930 a RH só se envolvia com folha de pagamentos e rescisões
1930 a 1950 as org incluíram o setor de pessoal,de cunho legal,disciplinador e punitivo
1950 a 1964 profissionalização da área de gestão de pessoas
1964 a 1978 valorização das atividades de gestão de pessoas(treinamento,desenvolvimento,cargos ,salários e benefícios
após 1978 novos tipos degestão:participativa,planejamento estratégico,controle de qualidade exigindo mais da gestão de pessoas ,principalmente no desenvolvimento e treinamento organizacional
1980 e 1990 desativaram o setor de RH para terceirizar o serviço mesmo assim surgem novos modelos de apoio a gestão do conhecimento e competências as pessoas passam a ser reconhecidas com parceiras
A gestão de pessoas no Brasil estáassentada sobre a historia política e social,desse modo a atual valorização resulta de todo um processo de conhecimento da importância dos colaboradores para asa org
Cap 2 a gestão estratégica de pessoas 2
Segundo—ALBUQUERQUE—a adm estratégica de pessoas serve como pano de fundo para...
tracking img