Psicopedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5222 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Psicopedagogia e seu contexto histórico

A psicopedagogia surge no final do século XIX na Europa voltada para a compreensão em entender e sanar problemas de aprendizagem, em um momento em que a escolaridade adquire papéis e funções distintas.
A sociedade assume uma condição tecnicista influenciando de forma direta a sobrevivência econômica das pessoas, necessitando que elas procurasseminstituições que oferecessem atualizações e novos conhecimentos para se manterem empregados em uma sociedade que vinha adquirindo cada vez mais progressos técnicos e científicos, reforçando assim a crença de que as diferenças individuais seriam as responsáveis não só pela desigualdade social, como também o fracasso escolar.
Nesta mesma época existia uma forte influencia da ciência que apontava formasde explicar a desigualdade social produzido na cultura ocidental que tinha a convicção e que o saber, fruto de pesquisas cientificas, ampliava as possibilidades de ações na tecnologia. Desta forma, as teorias evolucionistas de Darwin contribuem para fundamentar os laboratórios de psicologia experimental que tinham como objetivo provar que a capacidade intelectual vem de aptidões naturais ehumanas, herdadas geneticamente.
A partir desse novo contexto social, expansão do capitalismo e da necessidade de um saber especializado, passamos a ter sujeitos contemporâneos que não possuem um projeto de vida que se encaixe nessa nova realidade.
Diante de tal situação surgem estudiosos com interesses em compreender e entender as pessoas que apresentavam deficiências sensoriais, debilidade mental eoutros problemas que afetam diretamente o processo de aprendizagem. De acordo com Janine Mery (1985) os pioneiros nos tratamentos de aprendizagem do século XIX, são: Itard – notabilizou-se com o caso da reeducação de um enfant sauvage, realizando estudos sobre a percepção e o retardo mental; Pereire – preocupou-se com a educação dos sentidos: visão e tato; Pestalozzi – inspirado em Rousseau foifundador de um centro de educação por meio do trabalho á crianças pobres na Suíça, e Seguin – fundador da primeira escola de reeducação na França.
Em 1898 tivemos o primeiro incentivo de médicos e educadores no campo da reeducação, introduzindo nas escolas “classes especiais” destinadas às crianças com retardo mental. Somente entre 1904 e 1908, obtiveram consultas médico-pedagógico destinados ainseri-las nessas classes.
No final do século XIX surge uma equipe médico-pedagógico formada pelo educador Seguin e o médico psiquiatra Esquirol, tendo, portanto a atuação da neuropsiquiatria infantil como responsável pelos problemas neurológicos que afetavam a aprendizagem (BOSSA, 2011, p.59 apud cf.MERY, 1985, p.11). Neste mesmo momento Maria Montessori, médica italiana, cria um método deaprendizagem destinada á crianças com retardo mental, hoje utilizada em diversas escolas, voltada para a educação da vontade e na alfabetização por meio de estímulos dos órgãos do sentido.
Na segunda década do século XX ocorre o aumento do número de escolas particulares de ensino individualizado destinada á crianças com aprendizagem lenta, surgindo assim não só os primeiros centros de reeducação paradelinqüentes infantis, como também os primeiros centros de orientação educacional infantil.
Em 1946 foram fundados os primeiros cetros psicopedagógico, unindo conhecimentos da psicologia, psicanálise e pedagogia com objetivo de tratar comportamentos tidos como inadequados visando obter a readaptação da criança no meio em que estava inserida com isso, buscando adquirir um conhecimento amplo da criançae do meio em que vive para melhor compreensão do caso, levando em consideração a gravidade do distúrbio, para se chegar a uma ação reeducadora.
Em 1948 o estudioso Mauric Debesse apresentou uma nova preocupação psicopedagogica, a ocorrência de crianças consideradas inteligentes que vinham apresentando problemas de aprendizagem, sendo necessária uma avaliação médico-pedagógico, diferenciando...
tracking img