Psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (729 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DISPONÍVEL EM: http://www.portaladm.adm.br/Psicologia/PS10.htm
O PROCESSO GRUPAL 
O desenvolvimento de uma Psicologia Social Crítica, a partir de 1970, levou tanto Silvia Lane quanto Martin-Baró,cada um a seu modo, a desenvolver uma consistente crítica aos modelos teóricos existentes. Tal crítica procura resguardar aspectos funcionais da dinâmica dos grupos – no que concordam com Lewin. Noentanto, Lane e Baró questionam os autores cognitivistas (os seguidores de Lewin) pela maneira estática como enquadram o grupo. Da mesma forma, consideram positivo o enquadramento psicanalítico, o qualleva em conta a dinâmica interna dos grupos, criticando, contudo, a visão anistórica destes teóricos. A teoria de Pichon-Rivière também sofrerá algumas críticas. O fundamental nesta visão é considerarque não existe grupo abstrato mas, sim, um processo grupal que se reconfigura a cada momento. Silvia Lane detecta categorias de produção grupal, que define como: 
1.    Categoria de produção - aprodução das satisfações de necessidades do grupo está diretamente relacionada com a produção das relações grupais. O processo grupal caracteriza-se como atividade produtiva de caráter histórico.
2.   Categoria de dominação - os grupos tendem a reproduzir as formas sociais de dominação. Mesmo um grupo de características democráticas tende a reproduzir certas hierarquias comuns ao modo de produçãodominante (no caso, o modo de produção capitalista).
3.    Categoria grupo-sujeito (de acordo com Lourau) – trata-se do nível de resistência à mudança apresentada pelo grupo. Grupos com menorresistência à autocrítica e, portanto, com capacidade de crescimento através da mudança, são considerados grupos sujeitos. Os grupos que se submetem cegamente às normas institucionais e apresentam muitadificuldade para a mudança são os grupos-sujeitados.
A categoria de produção pode ser entendida como a influência subjetiva da dinâmica do grupo no seu produto final, na realização de seus objetivos. Mas...
tracking img