CONCEITO DE HUMANIDADE DA ESCOLA BEHAVIORISTA


TRECHO DO LIVRO: TEORIAS DE PERSONALIDADE, Jess Feist e Gregory J. Feist, sexta edição, McGraw Hill. P. 464-66

“Sem dúvida, B. F. Skinner tinhauma visão determinista da natureza humana, e conceitos como livre-arbítrio e escolha individual não tinham lugar em sua análise comportamental. As pessoas não são livres, mas controladas por forçasambientais. Podem parecer motivadas por causas internas, mas, na realidade, tais causas podem ser atribuídas a fontes externas. O autocontrole depende, em última instância, de variáveis ambientais, e nãode alguma força interior. Quando as pessoas controlam suas próprias vidas, elas o fazem ao manipular o ambiente, o qual, por sua vez, modela seu comportamento. Esta abordagem ambiental nega osconstructos hipotéticos como força de vontade ou responsabilidade. O comportamento humano é extremamente complexo, mas as pessoas se comportam de acordo com grande parte das leis aplicáveis a máquinas eanimais.

A noção de que o comportamento humano é completamente determinado é extremamente problemática para muitas pessoas que acreditam observar, todos os dias, muitos exemplos de livre arbítriotanto nelas próprias quanto nos outros. A que corresponde esta ilusão de liberdade? Skinner (1971) sugeria que a liberdade e dignidade são conceitos reforçadores porque as pessoas encontram satisfação nacrença de que são livres para escolher e também em sua fé na dignidade básica dos seres humanos. Como esses conceitos fantasiosos são reforçadores em muitas sociedades modernas, os indivíduos tendem acomportar-se de maneiras que aumentam a probabilidade de que esses constructos serão perpetuados. Uma vez que a liberdade e a dignidade perdem seu valor de reforçamento, as pessoas deixarão decomportar-se como se aqueles conceitos existissem.

Antes do tempo de Louis Pasteur, muitas pessoas acreditavam que as larvas eram geradas de forma espontânea nos corpos de animais mortos. Skinner... [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2012, 09). Psicologia. TrabalhosFeitos.com. Retirado 09, 2012, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Psicologia/380640.html

MLA

"Psicologia" TrabalhosFeitos.com. 09 2012. 2012. 09 2012 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Psicologia/380640.html>.

MLA 7

"Psicologia." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 09 2012. Web. 09 2012. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Psicologia/380640.html>.

CHICAGO

"Psicologia." TrabalhosFeitos.com. 09, 2012. Acessado 09, 2012. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Psicologia/380640.html.